21 C
Vitória
terça-feira, 14 julho, 2020

Governo do ES processa empresas que implantariam BRT

Leia Também

ES confirma mais de 63 mil infectados pela Covid-19

Chegou a 63.881 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Espírito Santo, de acordo com o “Painel Covid”, da Sesa.

INSS começa teste de prova de vida digital com 550 mil beneficiários

Num primeiro momento, o mecanismo será feito por meio de reconhecimento facial, com o uso da câmera do celular, para quem já tem carteira de motorista ou título de eleitor digital.

Saque emergencial FGTS liberado para os nascidos em março. Como sacar?

O valor do saque é de até R$ 1.045, considerando a soma de todas as contas do FGTS do trabalhador. Nesta etapa, poderão ser pagos até R$ 3,3 bilhões. 

O Consórcio BRTVIX foi encerrado em 5 de janeiro de 2015 e pode ter causado prejuízo de mais de R$ 11 milhões.

O governo estadual realizou auditoria nas empresas que formaram o consórcio para implantar o BRT na Grande Vitória. A investigação apontou indícios de irregularidades e fraude com mais de R$ 11 milhões de prejuízos aos cofres públicos.

O sistema BRT (Bus Rapid Transit) ficaria a cargo do consórcio BRTVIX, formado pelas empresas Engesolo Engenharia Ltda e Itec Infratec Tech Engenharia e Consultoria S.A.

A Secretaria de Estado de Controle e Transparência (Secont) instaurou um Processo Administrativo de Responsabilização, com base na Lei Anticorrupção (Lei nº 12.846). A portaria foi publicada no Diário Oficial dessa segunda-feira (16).

O consórcio foi contratado para gerenciar, supervisionar e prestar apoio técnico à elaboração dos projetos para implantação da primeira etapa do BRT na Região Metropolitana da Grande Vitória. As empresas são suspeitas de fraude contratual e outras condutas irregulares, que teriam causado um prejuízo de R$ 11.619.745,25 aos cofres do Estado.

O contrato foi firmado pelo governo capixaba em 8 de julho de 2013. O contrato com o Consórcio BRTVIX foi encerrado em 5 de janeiro de 2015.

As investigações identificaram falhas na execução de diversos itens contratados. Dentre eles, está o próprio gerenciamento, supervisão e apoio técnico à elaboração dos projetos executivos do Programa BRT. Isso vai contra ao que é previsto em edital.

Secretário da Secont, Eugênio Ricas. Foto: Divulgação

A auditoria da Secont identificou desequilíbrio financeiro do contrato por motivo de alterações no cronograma, sem o ajuste correspondente nas planilhas.

As empresas também teriam deixado de entregar documentos que comprovassem a efetiva realização de medições. Como o pagamento pelos serviços foi integral, isso levou ao enriquecimento sem causa.

Outra irregularidade apontada é que as empresas teriam deixado de observar a alocação de equipes mínimas durante a execução do contrato. As empresas foram remuneradas integralmente, mas não empreenderam o número mínimo de profissionais exigidos.

Fraude em licitação

O Consórcio BRTVIX é suspeito de fraudar licitação. As empresas apresentaram um corpo técnico altamente qualificado. Assim, conseguiram maior pontuação no processo licitatório. Mas, não há comprovação de que esses profissionais atuaram no contrato.

Também foram encontradas divergências de informações entre nomes de profissionais verificados na folha de pagamento e na Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social (GFIP) e aqueles que atuaram na execução do serviço.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Chefe ou líder? O que você é?

Entende-se que uma das características mais importantes de um líder é desenvolver uma equipe que seja capaz de funcionar sem ele

Tecnologia faz produção de café conilon “pocar” no Norte do ES

Quem apostou em sistemas de irrigação modernos, aliados ao manejo correto integrado, já começa a colher os primeiros frutos de uma tecnologia que veio para ficar.

Feirão Limpa Nome: seis passos antes de renegociar!

Mas antes de ir para a etapa de negociações é importante que o consumidor conheça seus números e faça uma faxina financeira.

CNI: confiança dos empresários da indústria melhora pelo 3ª mês seguido em julho

As expectativas com relação aos próximos seis meses já são otimistas", destacou a CNI, no documento. Confira! Por Eduardo Rodrigues (AE) Após bater no fundo do...

Vida Capixaba

Desafios do mercado audiovisual será tema de live

No bate-papo virtual também vão estar em pauta os desafios do mercado audiovisual e a experiência de Abel Santana no mundo das artes.

Mães à beira de um ataque de nervos

Não há descanso para as mamães, em casa, durante a pandemia Por Letícia Vieira Patrícia achou estranho o silêncio repentino, fazia meses que aquilo não acontecia:...

Escolas de Vila Velha são notificadas por não dar descontos nas mensalidades

As instituições privadas de ensino que não estão aplicando o desconto previsto na Lei Estadual nº 11.144/2020, válida a partir do dia 19 de junho.

Famílias têm papel fundamental na relação da criança com mundo digital

Rotinas offline ajudam a criança a desenvolver autorregulação. Saiba mais! Durante a pandemia de covid-19, os dispositivos eletrônicos com acesso à internet se tornaram...
Continua após publicidade