17.7 C
Vitória
sábado, 20 DE julho DE 2024

Governo amplia contratos de atendimento do SUS no ES

Em cerimônia no Palácio Anchieta, Casagrande assinou novos termos aditivos que preveem aumento nas ofertas do SUS

Por Redação

O governador Renato Casagrande (PSB) assinou os novos termos aditivos aos convênios de contratualização com 17 hospitais filantrópicos e de gestão municipal que prestam atendimento ao Sistema Único de Saúde (SUS) do Espírito Santo.

- Continua após a publicidade -

No acordo firmado, o repasse mensal aos hospitais conveniados passa a ser de aproximadamente R$ 88 milhões. Entre os pontos previstos no novo acordo estão a inclusão e/ou ampliação de serviços ambulatoriais e cirúrgicos eletivos.

A cerimônia de assinatura dos novos aditivos aconteceu na sede do governo estadual, no Palácio Anchieta, em Vitória. Estiverem presentes representantes e dirigentes de hospitais filantrópicos, além de lideranças políticas do Estado.

Gestor destacou ampliação na oferta de serviços - Foto: Hélio Filho/Secom
Gestor destacou ampliação na oferta de serviços – Foto: Hélio Filho/Secom

“Os novos contratos vão permitir a oferta de um serviço ainda melhor à população, sobretudo, na internação hospitalar. Haverá também a ampliação de consultas, exames e cirurgias eletivas. A parceria com os filantrópicos tem um bom tempo e vem produzindo efeito em todas as regiões do Estado. Esses aditivos vão permitir que esses hospitais tenham condições de avançar ainda mais na oferta de serviço do SUS para a sociedade capixaba”, disse o governador.

Em nove hospitais, foram incorporados serviços de otorrinolaringologia, endometriose, urgência urológica na Região Sul de Saúde, além de ampliação da oferta de consultas e exames ambulatoriais, que passam a ser regulados e ofertados por produção.

A gestão prevê com o novo acordo a expansão do serviço de urgência oftalmológica para todo o Estado com o incremento nas especialidades de Proctologia, oftalmologia e hematologia clínica. Também poderá ser ampliada a oferta de consultas e exames ambulatoriais para a Região Metropolitana, além das cirurgias eletivas.

De acordo com Casagrande, a nova Política de Contratualização da Participação Complementar da Secretaria da Saúde (Sesa) trouxe mudanças pioneiras na forma de contratar e remunerar os convênios com os hospitais filantrópicos capixabas de forma a trabalhar a eficiência dos serviços a serem entregues à população. Os termos aditivos assinados estão em conformidade com a Portaria 042-R/2023.

“A Política de Contratualização da Participação Complementar chega para fortalecer a política estadual de regionalização do acesso aos serviços de saúde, reduzindo o tempo de espera por meio da ampliação e inclusão da oferta de consultas e exames especializados, assim como de cirurgias eletivas, gerando maior eficiência e efetividade e melhor atendimento assistencial à população capixaba”, destacou o subsecretário de Contratualização da Saúde, Alexandre Aquino.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA