21 C
Vitória
sábado, 20 DE julho DE 2024

FMI: mundo deve adaptar quadro fiscal para proteger trabalhadores

Segundo a instituição, a IA trará aumento significativo de produtividade e eficiência nos serviços públicos, mas trará uma dolorosa fase de adaptação

Países precisam mudar seu quadro fiscal para absorver as mudanças trazidas pela inteligência artificial (IA), afirma o Fundo Monetário Internacional (FMI) em relatório divulgado nesta segunda-feira, 17. O FMI, porém, destaca que tributação sobre IA não é aconselhável, visto que reduziria a velocidade de inovação e só traria realocação de capital para outros países sem impostos.

O relatório desaconselha também que incentivos fiscais sejam fornecidos a empresas de software, visto que aceleraria sintomas perigosos, como demissões em massa, causados pela IA.

- Continua após a publicidade -

Segundo a instituição, a IA trará aumento significativo de produtividade e eficiência nos serviços públicos, mas trará uma dolorosa fase de adaptação, com elevado índice de desemprego em setores profissionais.

Como forma de absorver essa transição e alto índice de demissões, o FMI recomenda que países aumentem os fundos de seguro-desemprego, para permitir a trabalhadores maior tempo para se realocarem profissionalmente.

“Serão necessários programas abrangentes de assistência social para os trabalhadores que enfrentam desemprego de longa duração, ou redução da procura de mão de obra local devido à automatização ou ao encerramento de indústrias”, afirma o relatório, ao recomendar também que governos invistam em novos programas de formação setorial e requalificação profissional. (Agência Estado).

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA