24.9 C
Vitória
quarta-feira, 10 agosto, 2022

Ferramenta inovadora

“A novidade deve mudar o dia a dia nos estabelecimentos, com menos circulação de cédulas e maquininhas deixadas de lado”, afirma Ricardo Paixão

O PIX, um sistema brasileiro de pagamentos e/ou transferências monetárias eletrônicas instantâneas, estará disponível no Estado a partir de 15 de novembro. Gerido pelo Banco Central, ele visa ser uma nova ferramenta alternativa aos métodos tradicionais de transferências e pagamentos denominados de TED e DOC.

O economista e ex-presidente do Corecon-ES Ricardo Paixão ressalta que, embora os meios de pagamentos usados hoje não deixem de existir, a aposta é que o PIX ganhe espaço. “Pela praticidade, rapidez na finalização da transação, que deve ser concluída em dez segundos, além de ausência de custo. A novidade deve mudar o dia a dia nos estabelecimentos, com menos circulação de cédulas e maquininhas deixadas de lado”.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade