20.9 C
Vitória
quarta-feira, 20 outubro, 2021

Alerta para alta dos preços

“É preciso ficar atento à taxa câmbio, pois o preço das commodities agrícolas, é regulado pelo mercado internacional”,afirmou Sebastião Demuner

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) avançou 0,86% em outubro, acima da taxa de 0,64% registrada em setembro, segundo o IBGE. Puxada pela alta dos preços dos alimentos e das passagens aéreas, esta foi a maior alta para o mês desde 2002, quando a taxa foi de 1,31%, e também da maior taxa desde dezembro de 2019, quando avançou 1,15%.

O conselheiro do Corecon-ES Sebastião Demuner faz um alerta para a situação que, em sua avaliação, afeta sempre os menos favorecidos. “É preciso ficar atento à taxa câmbio, pois o preço das commodities agrícolas, por exemplo, é regulado pelo mercado internacional. Se o câmbio estiver muito alto, serve como um incentivo a mais aos exportadores, podendo vir faltar produtos no mercado nacional, a exemplo do arroz e outros”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade