24.9 C
Vitória
quarta-feira, 10 agosto, 2022

Desafio emergencial

“É importante atuar na desburocratização da economia, no estímulo e na facilitação da abertura de novos negócios”, afirmou Leandro Lino

Com o fim do auxílio emergencial, 2021 já se inicia com um grande desafio para a implantação de políticas públicas no Brasil. Isso porque os benefícios concedidos a 67 milhões de brasileiros, para conter os efeitos da crise gerada pelo novo coronavírus, acabou se tornando um dos principais motores de nossa economia neste período.

O vice-presidente do Corecon-ES, Leandro Lino, destacou que, embora seja um período desafiador, é preciso acreditar que essa crise vai passar, mas cabe ao governo agir de modo proativo para que ela não se prolongue. “É importante atuar na desburocratização da economia, no estímulo e na facilitação da abertura de novos negócios, na atração de novos investimentos para o País e no fomento à geração de emprego e renda”.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade