Contando as histórias da família empresária

Para garantir o sucesso dos negócios é fundamental compartilhar propósito e valores entre as gerações.

Para se manter os membros de uma família empresária coesos e evitar conflitos, é fundamental assegurar que eles compartilhem o propósito e os valores desse núcleo parental.

Uma das melhores formas de preservá-los conectados é contar a história de seus antepassados e do negócio. O propósito é a razão de ser da família e da sua relação com a empresa. Os valores são os princípios e crenças que sempre pautaram a conduta individual dos membros e a forma de eles se relacionarem enquanto grupo.

À medida que a família e a empresa crescem, aumenta a distância entre os familiares. Eles se espalham pelo mundo, entram em contato com outras culturas. Surgem genros e noras, que trazem outros valores. Além disso, profissionais não familiares passam a ocupar cargos de liderança.

Esses fenômenos podem levar à apatia das novas gerações em relação à empresa e ao seu afastamento dos propósitos e dos valores dos seus ascendentes. Por trás de toda empresa familiar há uma história de sonhos, lutas, abnegação e conquistas. Como consequência, essa narrativa cria uma referência para a tomada de decisões. E norteia as ações e os comportamentos dos familiares.

Sucesso da Família Empresária

Aqui vale a citação de Jacques Bossuet, padre e orador do século XVII. “A história é o grande espelho da vida humana; instrui com a experiência e corrige com o exemplo”. Contar sistematicamente a saga de empreendedorismo do fundador, preservar os registros da família e transmiti-los através das gerações. Esse é o caminho para manter todos conectados à tradição e aos valores que marcam o sucesso. Da mesma forma, engajam os mais jovens, geram pertencimento e encantam os clientes.

Conhecer a história permite às novas gerações ter uma dimensão efetiva da representação dos mitos familiares e reeditá-los ou até mesmo questioná-los. Assim, preservando-se tudo aquilo que até aqui proporcionou o fortalecimento do núcleo familiar. E sem negar os elementos característicos da geração emergente.

O sucesso da empresa familiar no longo prazo depende, claro, de vários outros fatores. entre eles, uma governança corporativa e familiar bem estruturada, o desenvolvimento dos membros enquanto acionistas e um olhar profissional para a gestão do negócio. No entanto, contar a história da família e da empresa dá sentido ao desafio. Assim, prepara os integrantes para trilharem com sucesso a jornada.


CONSELHO DE FAMÍLIA

Propósito e dos Valores
O conselho de família é um órgão da governança familiar fundamental para a preservação e a transmissão do propósito e dos valores parentais para as novas gerações. “Clãs” empresários com um conselho de família bem estruturado podem agregar um comitê de transmissão do legado, que se encarregará de pôr em prática mecanismos e estratégias para contar e difundir as histórias dos antepassados entre os herdeiros.


MISSÃO

Mantendo a família engajada
Segundo Scott Bedbury, ex-diretor de Marketing da Nike e da Starbucks, uma missão inspiradora é o primeiro capítulo da história de uma marca. Da mesma forma, a história de uma família empresária, quando construída coerentemente em torno de uma clara missão, é um combustível para o engajamento das futuras gerações.


PROTOCOLO FAMILIAR

Registrando propósito e valores
Pesquisa realizada pelo IBGC, em 2017, apontou apontou que em 64% dos entrevistados não havia registro do propósito e dos valores da família em documentos. Quando há, apenas 26% o fazem no protocolo familiar ou no acordo de sócios. Ter um protocolo familiar que se inicie pelo registro do propósito e dos valores é fundamental. Assim, todos os membros possam compartilhar da identidade e da trajetória.

Conteúdo Publicitário