25.5 C
Vitória
quarta-feira, 29 maio, 2024

Estacionamento rotativo de Guarapari está suspenso por 30 dias

Medida aconteceu após a concessionária Rizzo Parking and Mobilitys S/A não cumprir obrigações contratuais, segundo a Prefeitura

Por Kebim Tamanini

Usuários do estacionamento rotativo de Guarapari foram surpreendidos nesta sexta-feira (15) com a não cobrança da tarifa. Isso ocorreu após a Prefeitura suspender por 30 dias o contrato com a empresa Rizzo Parking and Mobilitys S/A, responsável pela administração dos serviços, devido ao descumprimento das obrigações contratuais por parte da contratada.

- Continua após a publicidade -

A Secretaria Municipal de Postura e Trânsito identificou diversas irregularidades e inadimplências contratuais por parte da concessionária. Diante disso, a administração municipal emitiu uma série de notificações, estabelecendo prazos para a correção das pendências. No entanto, mesmo após o prazo estabelecido, as obrigações não foram integralmente cumpridas.

Consequentemente, o contrato de concessão foi suspenso por 30 dias. Durante esse período, a concessionária deve cumprir todas as obrigações contratuais sob pena de rescisão unilateral do contrato. O prazo para a regularização das pendências é contado de forma ininterrupta a partir do recebimento da notificação de suspensão.

A Prefeitura de Guarapari foi procurada para informar quais pendências a empresa Rizzo Parking and Mobilitys S/A não cumpriu para levar à suspensão do contrato, porém ainda não tivemos retorno.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA