24.5 C
Vitória
quarta-feira, 3 junho, 2020

A esquerda em busca de um norte

Leia Também

Prazo de pagamento da taxa do Enem é prorrogado

Segundo o Inep, mais de 5,7 milhões de pessoas já tiveram suas inscrições confirmadas. E a expectativa é que 300 mil inscritos paguem a taxa de inscrição do exame.

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril.

Estado tem mais de 15 mil infectados pela Covid-19

Chegou a 15.151 o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Espírito Santo, segundo o “Painel Covid”.

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.

Divisão forte: siglas relevantes, como o PDT e o PSB, seguem procurando espaço e agenda próprios, distantes do petismo

A esquerda em busca de um norte. Sim, o retorno do ex-presidente Lula à cena política confirmou um fato importante para os destinos do país. A esquerda segue dividida e enfrentando dificuldades para estabelecer um diálogo mínimo. Partidos e grupos distintos brigam por espaço, criando obstáculos para qualquer entendimento.

Comecemos pelo PT, a principal força da esquerda. Hegemônica por natureza, a agremiação não dá mostras de que aceitará ceder terreno para outros partidos. Ele até concorda em compor, desde que seja o cabeça de chapa. Em seus primeiros discursos e falas após deixar a carceragem da Polícia Federal em Curitiba (PR), o próprio Lula deixou isso bastante claro.

Esquerda em busca de um norte

A polarização do debate entre o petista e o presidente Jair Bolsonaro alimenta esse quadro. O governo informou um possível aumento do PIB para o próximo ano. E pelo sétimo mês consecutivo as contratações formais superaram as demissões no país. Nesse cenário, o PT passou a centrar fogo no ministro Paulo Guedes e na sua política “ultraliberal”. Também no aumento da desigualdade no Brasil e na ainda alta taxa de desemprego, em torno de 12%.

Com isso, outras siglas de esquerda relevantes, como o PDT e o PSB, seguem procurando espaço e agenda próprios, distantes do petismo. Para as eleições municiais de 2020, já se cogita a aproximação com partidos mais ao centro. E isso inclui o PSDB e o DEM, tradicionais adversários. Essa aproximação, com a possibilidade de alianças para o pleito se daria ao menos em algumas capitais e municípios estratégicos. Importante ressaltar que as eleições municipais serão fundamentais à sucessão presidencial de 2022.

Por fim, o petismo segue ligado a alguns “partidos-satélites”, em especial o PCdoB, um velho e fiel parceiro. Nada de novo nesse front. Cabe lembrar que, em 2018, os comunistas ensaiaram o lançamento de uma candidatura presidencial própria. Mas a ex-deputada Manuela d’Ávila acabou recuando e compondo chapa com Fernando Haddad (PT). A novidade é a tentativa de atrair o PSOL para esse espectro. Discute-se uma possível aliança com Guilherme Boulos para a prefeitura de São Paulo.

Resumo da ópera

Em suma, é necessário que a esquerda revise algumas diretrizes e estabeleça uma agenda consistente, estando as agremiações alinhadas ou não. Do contrário, as forças de direita, com o apoio dos partidos do “Centrão”, seguirão dando as cartas e comandando o jogo. Assim, impondo novas derrotas ao PT e aos demais partidos da esquerda. Lula, sozinho, dificilmente conseguirá reverter essa realidade.


André Pereira César – cientista político da Hold Assessoria Parlamentar

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Produção industrial cai 18,8%

A produção industrial caiu 18,8% em abril ante março, na série com ajuste sazonal, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril.

Cooabriel inaugura unidade em Montanha

O objetivo da nova unidade é atender às grandes solicitações de sócios e produtores, além de expandir a cultura do café conilon na região.

Governo publica MP que pode destravar crédito às pequenas e médias empresas

Os bancos já emprestaram mais de R$ 900 bilhões em recursos novos, renovações e suspensão de parcelas de empréstimos.

Vida Capixaba

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.

Novas regras adotadas para o comércio a partir desta segunda-feira (1º)

As novas regras para galerias, centros comerciais, academia, shoppings e restaurantes de Vila Velha foram publicadas no Diário Oficial do município desse domingo (31).

Lugar de homem é na cozinha

A arte de combinar ingredientes e temperos tem atraído mais e mais homens Em restaurantes ou em ambientes domésticos, é cada vez mais comum ver...

Shoppings da Grande Vitória poderão abrir a partir de segunda (1º)

De acordo com a secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro, a decisão foi tomada durante uma reunião da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública do Estado, realizada hoje. 
Continua após publicidade