20.5 C
Vitória
sábado, 20 DE julho DE 2024

ESB Indica: o que ler, ouvir e assistir na terceira semana de março

Entre as dicas levantadas pela ES Brasil e por colaboradora estão o filme “Pobres Criaturas” e o sétimo disco de estúdio de Ariana Grande, “Eternal Sunshine”

Por Mariah Friedrich

A ES Brasil reuniu indicações de filme, livro, série e discos para os leitores ficarem por dentro dos lançamentos do momento. Além disso, a maestra da Filarmônica de Mulheres do Espírito Santo, Alice Nascimento, também compartilhou um sugestão do que tem lido. Confira a seguir:

- Continua após a publicidade -

Ariana Grande – Eternal Sunshine
O novo álbum de Ariana Grande, “Eternal Sunshine” tem dominado as paradas musicais, alcançando o primeiro lugar na Billboard 200 e reforçando a posição da cantora como uma das maiores potências da indústria musical na atualidade. O sétimo disco de estúdio de Ariana Grande, produzido por Max Martin, traz oito novas faixas que destacam a habilidade vocal e entrega emocional da diva pop, que apresenta letras sobre relações interpessoais. Ouça abaixo o disco na íntegra:

Pobres Criaturas
Um dos favoritos do Oscar 2024, o filme “Pobres Criaturas”, dirigido pelo cineasta grego Yorgos Lanthimos, chega ao catálogo do Star+ nesta quarta (20). Ambientado nas décadas de 1930 e 1940, o longa narra a história de Bella Baxter (interpretada por Emma Stone), uma mulher trazida de volta à vida por um cientista e que busca liberdade e igualdade em uma época marcada por preconceitos.

Com um elenco que inclui também Willem Dafoe, Mark Ruffalo, Ramy Youssef, Christopher Abbot e Margaret Qualley, o filme conquistou quatro estatuetas no maior prêmio do cinema mundial: Melhor Atriz (para Emma Stone), Melhor Maquiagem & Cabelo, Melhor Figurino e Melhor Design de Produção. Além das vitórias no Oscar, o longa também foi premiado com dois Globos de Ouro, cinco BAFTA e o Leão de Ouro no Festival de Cinema de Veneza. Assista ao trailer a seguir:

Mão de Ferro
A série “Mão de Ferro”, lançada na última semana pela Netflix, tem conquistado uma posição de destaque entre as produções mais assistidas da plataforma, ocupando atualmente o terceiro lugar entre as 10 mais populares. Criada por Lluís Quílez e estrelada por Eduard Fernández, a trama acompanha a vida de Joaquín Manchado, um líder do tráfico de drogas que controla um império a partir do porto de Barcelona. Assista ao trailer a seguir:

Vidas Secas e São Bernardo – Graciliano Ramos
Sob o selo Temporalis, dois clássicos da literatura regionalista brasileira, “Vidas Secas” e “S. Bernardo” de Graciliano Ramos estão reunidos na edição 2 em 1 do Citadel Grupo Editorial, disponível para pré-venda na Amazon. A escrita direta intensifica a atmosfera de aridez e desesperança vivida pelos personagens das narrativas, oferecendo uma porta de entrada para quem deseja compreender as complexidades do Brasil e da condição humana.

ESB Indica: o que ler, ouvir e assistir na terceira semana de março
Vidas Secas e São Bernardo – Foto: Divulgação/ Citadel Grupo Editorial

“Vidas Secas”, publicada originalmente em 1938, é uma obra-prima que retrata a luta pela sobrevivência de uma família de retirantes nordestinos em meio à seca e às injustiças sociais do Brasil rural. Já “S. Bernardo”, que completa 90 anos em 2024, mergulha nas contradições e desejos individuais de Paulo Honório, um homem determinado a alcançar sucesso material por meio da posse de terras, mas que esconde sua solidão e desilusão afetiva.

Dica da Colaboradora 

Da Capo – de volta às origens da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo – Juca Magalhães

ESB Indica: o que ler, ouvir e assistir na terceira semana de março
Da Capo – de volta às origens da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo – Foto: Divulgação/ Amazon

Maestra da Filarmônica de Mulheres do Espírito Santo, Alice Nascimento indica o livro “Da Capo – de volta às origens da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo” do escritor capixaba Juca Magalhães, que desvenda o processo de fundação da renomeada Sinfônica capixaba.

“O livro é interessante por ser escrito por um músico que acompanhou boa parte da trajetória do grupo e que aborda questões muito relevantes sobre as relações do Estado com a cultura local. Só isso o torna obrigatório para qualquer pessoa que se interesse por música, mas além disso traz inúmeras curiosidades e imagens pesquisadas há muito esquecidas e tem ainda o prefácio escrito por Victor Marques Diniz, o primeiro regente de nossa Sinfônica”.

O livro pode ser adquirido junto ao autor pelo valor de R$ 38, entrando em contato pelo perfil de Juca Magalhães no Instagram ou pelo site da Amazon.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

FIQUE POR DENTRO

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -