22.1 C
Vitória
sexta-feira, 12 agosto, 2022

ES: Mutirão vai negociar dívidas de pequenas empresas

No Espírito Santo, 63% dos pequenos empreendimentos convivem com dívidas. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A estimativa do Sebrae-ES é auxiliar em torno de 200 empresas capixabas com dívidas do período da pandemia da Covid-19

Por Amanda Amaral

Os Microempreendedores Individuais (MEIs) e proprietários de pequenos negócios devem ficar atentos as oportunidades do Mutirão de Negociação de Dívidas do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES). A estimativa é auxiliar em torno de 200 empreendedores capixabas.

O evento acontece nesta quinta-feira (30) e sexta-feira (01). O atendimento é presencial, das 10h às 16 horas, na sede do Sebrae/ES, na Enseada do Suá, em Vitória. Os interessados em participar devem se inscrever no site da instituição.

A iniciativa é apoiará os pequenos negócios que tomaram empréstimos com garantia do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe) e se encontram com parcelas em atraso, em especial as das operações de crédito contratadas no período da pandemia.

No Espírito Santo, 63% dos pequenos empreendimentos convivem com dívidas. Além do endividamento ser um dos principais fatores de dificuldade para os empresários, 16% dos endividados afirmaram que ele representa mais de 50% dos custos mensais. As informações são da última pesquisa realizada pelo Sebrae e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) sobre os impactos da pandemia da Covid-19 nos pequenos negócios.

“O objetivo é oferecer melhores condições aos micro e pequenos negócios para que eles consigam normalizar os fluxos de pagamento e, assim, se desenvolverem. Estimamos que o mutirão possa ser uma solução para cerca de 200 empresas capixabas, isso levando em consideração que 8% dos pequenos negócios do Espírito Santo são considerados inadimplentes, ou seja, possuem dívidas e não conseguem cumprir com os pagamentos”, destaca o analista do Sebrae/ES, Carlos Perrin.

A iniciativa faz parte das ações da Campanha de Renegociação de Dívidas no Brasil. No Espírito Santo, ela envolve como parceiros o Banco de Desenvolvimento do Estado do Espírito Santo (Bandes), o Bando do Estado do Espírito Santo (Banestes), o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal (CEF), Original e o Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob).

Com informações do Sebrae/ES. 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade