Ducati abre pré-venda para Panigale V4 Speciale no Brasil

Foto: Divulgação / Ducati

Ducati Panigale V 4 Speciale vem com numeração gravada em cada uma das unidades exclusivas

Com apenas 1.500 unidades exclusivas e numeradas fabricadas no mundo, a Ducati Panigale V4 Speciale já está à venda no Brasil, a partir deste mês. Os compradores que confirmarem interesse em adquirir o modelo terão a oportunidade reservar apenas três unidades.

A Panigale V4 Speciale é dotada de 226 cv de potência (12 cv a mais que a versão V4) distribuídos em apenas 174 Kg, e com a melhor relação peso-potência da categoria: 1,1 cv/kg.

Para garantir um exemplar é necessário fazer a reserva numa das concessionárias Ducati no Brasil, distribuídas pelas cidades de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba, Goiânia (GO) e São Paulo, capital, nos bairros de Pinheiros e Moóca.

No ato da reserva o comprador deve efetuar o pagamento de 20% do valor do modelo, o que equivale a R$ 53.800,00. Cada unidade da Panigale V4 Speciale está à venda por R$ 269.000,00. A previsão de chegada do modelo no Brasil é para setembro deste ano.

Moto GP

A filosofia seguida pela equipe de desenvolvimento da Ducati para a Panigale V4 é a mesma que guia os projetos da motocicleta do Moto GP: a total integração motor, chassi e piloto.

O motor “Desmosedici Stradale” é um V4 de 90° com distribuição Desmodromic assim como o Desmosedici GP. O novo motor Ducati tem uma potência de 214 cv, a 13.000 rpm, o que torna o Panigale V4 a moto de maior performante do segmento, com um torque de 12,6 Kgm a 10.000 rpm. Apesar desses desempenhos de referência, o Desmosedici Stradale permite longos intervalos de manutenção: a cada 24.000 km.

O motor do Panigale V4 é o único no segmento esportivo a ter a configuração de 90 ° V e usar tecnologias como o eixo de transmissão do contador rotativo e a ordem de ignição do “pulso duplo”. Essas soluções contribuem para tornar a moto ágil em mudanças de direção e estável e rápida em viagens, além de garantir uma fácil gestão do torque na saída de curvas.

O poder já elevado do motor Desmosedici Stradale em configuração em série cresce ainda mais, atingindo 226 cv, montando o escape de corrida completamente de titânio, feito pela Akrapovič nas especificações da Ducati Corse.

O Panigale V4 não só estabelece novos benchmarks absolutos em termos de desempenho, mas também aumenta os padrões de segurança ativa e controle da dinâmica do veículo graças a um pacote eletrônico de última geração que aproveita ao máximo o potencial oferecido pela plataforma de inércia Bosch de seis eixos.

Nesta bicicleta foram introduzidos controles sem precedentes, como a deriva controlada sob travagem, o ABS Cornering atuando no freio dianteiro somente com uma configuração projetada especificamente para dirigir na pista e o Quickshift Up & Down com estratégia que leva em consideração o ângulo de dobrar.

Todos esses controles, desenvolvidos na trilha juntamente com os drivers e pilotos oficiais da Ducati, estão integrados nos três modos de equitação (corrida, esporte e rua) e podem ser modificados usando o novo e inovador painel de controle TFT que coloca o Panigale V4 no líder tecnológico da categoria.