20 C
Vitória
sexta-feira, 23 abril, 2021

Desemprego em 2020 é o maior registrado desde 2012 no Brasil

Informações do IBGE mostram que taxa de desocupação média no ano passado representa 13,4 milhões de pessoas sem trabalho

O ano de 2020 terminou com uma taxa de desemprego de 13,9%. Esses são os dados divulgados nesta sexta-feira (26) pelo pelo Instituto de Geografia e Estatística (IBGE) para o quarto trimestre. Mas a taxa média de desocupação para o ano passado foi de 13,5%, a maior desde 2012. Isso corresponde a 13,4 milhões de pessoas sem trabalho.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua). A parcela da população desocupada chegou a atingir a marca de 14,6% no terceiro trimestre. O resultado para o ano interrompe a queda na desocupação iniciada em 2018, quando ficou em 12,3%. Em 2019, o desemprego foi de 11,9%.

O resultado no quarto trimestre foi puxado pelo aumento na ocupação em quase todos os grupos de atividades: agricultura (3,4%), indústria (3,1%), construção (5,2%), comércio (5,2%), alojamento e alimentação (6,5%), informação e comunicação (5,8%) outros serviços (5,9%), serviços domésticos (6,7%) e administração pública (2,9%). Apenas transporte ficou estável.

De acordo com o instituto, no intervalo de um ano, a população ocupada reduziu 7,3 milhões de pessoas, chegando ao menor número da série anual.

Em um ano, o número de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado (excluindo trabalhadores domésticos) teve redução recorde. Com menos 2,6 milhões de pessoas, houve um recuo de 7,8%, reduzindo para 30,6 milhões de empregados. Os trabalhadores domésticos (5,1 milhões) diminuíram 19,2%, também a maior retração já registrada.

Com informações da Agência Brasil.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade