Brasil pode sediar a Copa do Mundo feminino em 2023

Foto: Getty Images

Segundo a Fifa, esse é o maior número de interessados para sediar o evento desde 1991

Este é o ano de escolha do país que sediará a Copa do Muindo feminino em 2023. Segundo a Federação Internacional de Futebol (Fifa), o Brasil, Argentina, Bolívia e Colômbia estão interessados em receber a competição três sul-americanos.

As Coreias do Sul e do Norte também manifestaram interesse em concorrer com uma candidatura conjunta. Além deles, disseram que concorrerão à vaga o Japão, a Austrália, a Nova Zelândia e África do Sul.

De acordo com a Fifa, esse é o maior número de países a formalizar interesse em sediar uma Copa do Mundo feminina desde a primeira edição do evento, em 1991. E as inscrições poderão ser realizadas até o dia 16 de abril. Já o anúncio da Confederação Nacional que sediará o evento será anunciado em março do ano que vem.

A próxima competição será realizada de 07 de junho a 07 de julho deste ano, na França. O Brasil está no grupo C do campeonato, junto com Austrália, Itália e Jamaica. A seleção brasileira estreia no dia 09 de junho contra a Jamaica.

*Da redação com informações Agência Brasil


Leia mais:

 

Conteúdo Publicitário