25.5 C
Vitória
quarta-feira, 17 DE julho DE 2024

Conheça os 10 maiores projetos para o Estado até 2027

Dados foram organizados pelo Instituto Jones Santos Neves (IJSN) e destacam rodovias, ferrovia, portos, entre outras ações, em vários municípios

Por Marco Antonio Antolini

Até o final de 2027 grandes projetos estão planejados para serem realizados no Espírito Santo, investimentos públicos e privados que somam, em pelo menos 10 ações, mais de R$ 16 bilhões. Os dados foram organizados pelo Instituto Jones Santos Neves (IJSN), e destacam, principalmente, obras de infraestrutura, a exemplo de rodovias, ferrovia, portos, entre outras, em várias regiões do Estado.

- Continua após a publicidade -

O maior investimento, na ordem de R$ 6 bilhões, da empresa Vale, é a construção de um ramal ferroviária entre as cidades de Santa Leopoldina e Anchieta.  Esse é o primeiro trecho da Estrada de Ferro Vitória-Rio, chamada EF-118. No início deste ano, a empresa pretende entrar com o pedido de licenciamento ambiental.   O ramal terá 100 km, saindo de Santa Leopoldina e passando por Cariacica, Viana, Vila Velha, Guarapari e Anchieta. 

Dentro do setor de infraestrutura de transportes, a empresa Eco101 planeja a duplicação da Rodovia BR-101, em diversos trechos, atravessando o estado do Espírito Santo. O orçamento previsto para esta ação está na ordem de R$ 3,2 bilhões.

Por sua vez, o Departamento de Estradas e Rodagem do Estado do Espírito Santo (DER-ES) planeja a reabilitação da Rodovia Darly Santos, em Vila Velha, no trecho da Rodovia Carlos Lindenberg até a Rodovia do Sol, com investimentos de R$ 313 milhões; e a implantação e a pavimentação da Rodovia ES-466, no trecho entre a BR-101, em Vila Velha, até a BR-262, em Viana, com extensão de 9,98 km e investimento de R$ 280 milhões.

Leia também:

Portos

O terceiro maior investimento previsto, que soma R$ 2,3 bilhões, diz respeito à construção de um porto-indústria para atender setores como petróleo e gás, minério, granito, agricultura, indústria automobilística, entre outros. A obra do Porto Central S.A. será no município de Presidente Kennedy. Já a Portocel, em Aracruz, planeja a ampliação do porto com a construção de armazéns, pátios, retroáreas, novos berços, realização de dragagem e extensão do ramal ferroviário. Os recursos são da ordem de R$ 2 bilhões.

Ainda no segmento de portos, a empresa Navegantes Logística Portuária S.A. prevê a implantação de terminais de granéis líquidos combustíveis no Cais do Atalaia, em Vila Velha, com recursos estimados em R$ 550 milhões.

Outro grande investimento em termos financeiros, de R$ 300 milhões, do Condomínio Logístico Areia Branca Transporte, é a implantação de um terminal logístico, na Rodovia do Contorno, em Cariacica, em uma área de 320 mil m², para atender ao setor de transporte, armazenagem e correio.

O setor da construção civil também está previsto nas grandes ações no Espírito Santo. A empresa Galwan Construtora vai investir R$ 700 milhões na construção do edifício Vernissage, na Enseada do Suá, em Vitória, com 240 unidades distribuídas em duas torres.

Saúde

O setor público tem participação nestas 10 maiores ações previstas para o Espírito Santo até 2027. Além das iniciativas do DER-ES, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) vai investir R$ 370 milhões no Complexo de Saúde Norte São Mateus. De acordo com o Estado, a unidade reunirá vários serviços de saúde e contará com um hospital com 260 leitos. 

*Matéria publicada originalmente em 2 de janeiro de 2024

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA