24.9 C
Vitória
quarta-feira, 1 dezembro, 2021

CMV oficializa convênio para usar mão de obra de apenados

Parceria com a 7ª Vara Criminal de Vitória possibilitará que condenados por crimes de menor potencial ofensivo possam prestar serviço no Legislativo

Por Josué de Oliveira

O presidente da Câmara de Vereadores de Vitória, Davi Esmael, oficializou o convênio com o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) para a utilização de mão de obra de apenados no Legislativo da Capital.

A assinatura do convênio aconteceu na noite na última quarta-feira.

Para Davi Esmael, a parceria, que é uma cooperação mútua, contribui para a ressocialização do infrator, reinserção no mercado de trabalho e, ainda, para pagamento à sociedade pelo delito cometido.

“Acreditamos na vida. Acreditamos na recuperação e na restauração dessa pessoa. Então, a Câmara de Vitória abre as portas desse espaço público para receber e acolher bem essas pessoas”, reforçou.

O juiz titular da Vara de Execuções de Penas e Medidas Alternativas, Carlos Eduardo Lemos, lembrou que a Câmara de Vitória é a primeira a assinar o convênio.

“É com muita satisfação que fazemos esse trabalho. Agradeço e parabenizo a iniciativa e quero dizer que a Câmara servirá de exemplo para várias outras. Tenho certeza de que esse passo vai mais uma vez ajudar a Grande Vitória”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade