Brasil cai no ranking de maiores exportadores do mundo

Foto: Getty Images

No ano de 2018, o país caiu para o 27º lugar, de acordo com o levantamento anual da Organização Mundial do Comércio (OMC)

O Brasil não está tão bem quando o assunto é exportação. De acordo com a OMC, em 2018 o país caiu da 26ª posição para o 27º lugar entre os maiores exportadores do mundo, segundo relatório anual divulgado nesta terça-feira (02) pela instituição.

No ranking neste ano, o país foi superado pelo Vietnã e continua atrás de economias como Malásia, Polônia e Tailândia. Em 2016, o Brasil ficou na 25º lugar. Com esse resultado, a queda tem sido consecutiva.

A China segue em primeiro lugar no ranking, que também registrou em 2018 um avanço de 10% nas exportações. Na sequência. estão Estados Unidos e Alemanha, que tiveram ambos uma expansão de 8% no ano passado.

Vendas

Por outro lado, em vendas houve um aumento de 10% na comparação com o ano anterior, com o Brasil se beneficiando principalmente da alta do preço das commodities. O Ministério da Economia divulgou números em que exportações brasileiras no ano passado somaram US$ 239,523 bilhões, ante US$ 217,739 bilhões em 2017.

Já a OMC mostra em seu relatório que o comércio mundial teve um desenvolvimento mais lento do que o esperado em 2018 e continuará enfrentando “fortes ventos contrários em 2019 e 2020” em razão do aumento das tensões comerciais e da incerteza econômica.

Previsão

A OMC projetou um crescimento de 2,6%, contra estimativa anterior de 3,7%, para 2019. As projeções para o avanço do Produto Interno Bruto (PIB) mundial.

O argumento da organização é de que o comércio tem sido pressionado por novas tarifas e medidas retaliatórias, crescimento econômico mais fraco, volatilidade nos mercados financeiros e condições monetárias mais apertadas em países desenvolvidos.

 

Conteúdo Publicitário