19.4 C
Vitória
sexta-feira, 12 agosto, 2022

VW Tarok está prestes a sair da gaveta

Leia Também

A Tarok deverá chegar às lojas entre o fim de 2022 e o início de 2023. A picape terá dimensões quase idênticas às da Toro

Por Diogo de Oliveira (AE)

Para 2021, a Volkswagen prepara novidades em três categorias no Brasil: SUVs, picapes e compactos. A informação é do presidente da empresa na América Latina, Pablo Di Si. Segundo ele, alguns projetos que haviam sido congelados por causa da pandemia começam a sair da gaveta. Entre os destaques está a picape intermediária para brigar com a Fiat Toro.

O projeto, batizado de Tarok, foi revelado em 2018, no Salão do Automóvel de São Paulo. A picape tinha um versão aumentada da plataforma MQB-A0 do Virtus (e de Polo e T-Cross).

O modelo que será feito em série, contudo, deverá ter a base MQB-A, do Taos. Embora não tenha citado o nome da picape, Di Si disse que outros modelos serão produzidos sobre a plataforma do novo SUV que será feito na Argentina. Isso reforça as chances de a Tarok compartilhar chassi, equipamentos e mecânica com o Taos

A Tarok deverá chegar às lojas entre o fim de 2022 e o início de 2023. A picape terá dimensões quase idênticas às da Toro. A largura de 1,84 metro, por exemplo, é a mesma do Taos. O entre-eixos, de 2,99 m também será igual ao do modelo da Fiat. Para adicionar a caçamba, a VW vai “esticar” o chassi do Taos, cujo entre-eixos é de 2,68 m.

Dianteira e cabine (incluindo painel e peças de acabamento) também serão comuns no SUV e na picape. Na Tarok, a suspensão deverá ser mais alta e reforçada, para elevar a capacidade de carga (a Toro com motor a diesel leva até 1 tonelada).

De acordo com informações do site Mobiauto, a Tarok também deverá oferecer opção a diesel. Nesse caso, a aposta é no conjunto oferecido na Amarok, com motor 2.0 turbodiesel de 180 cv e câmbio automático de oito velocidades.

Já as versões flexíveis terão o mesmo trem de força do Taos. O motor 1.4 turbo flexível de 150 cv e virá acoplado à caixa automática de seis marchas.

TAOS

O SUV Taos vai estrear no Brasil entre abril e maio de 2021. Os preços (estimados) serão de R$ 130 mil a R$ 150 mil.

A Volkswagen ainda não revelou todas as informações sobre o modelo. Por ora, sabe-se que o SUV terá itens como controle de velocidade de cruzeiro adaptativo (ACC), que acompanha o ritmo do trânsito à frente, acelerando e freando sozinho. Haverá também frenagem automática de emergência.

No visual, um dos destaques será uma barra de LEDs que percorre toda a grade dianteira. Por dentro, é esperado acabamento melhor que o do T-Cross. O painel terá duas telas de 10 polegadas – uma no quadro de instrumentos e outra da central multimídia VW Play, lançada no Nivus. Também do compacto vem o volante com o novo escudo da marca alemã.

Para o segmento de compactos, a marca produzirá em Taubaté (SP) o Polo Track, versão aventureira rival de Fiat Argo Trekking, Renault Stepway e Hyundai HB20X, por exemplo.

A Volkswagen prepara também uma nova opção de entrada do hatch Polo, identificada como Polo LA K1. Especula-se que a novidade seria uma configuração bem básica, para substituir o Up! o Fox e, futuramente, até mesmo o Gol.

No campo da eletrificação, a marca planeja lançar cinco modelos no Brasil até 2025. Um deles deverá ser o hatch médio ID. 3, que é 100% elétrico.

FORD MAVERICK

A Ford também pretende lançar uma picape de porte semelhante ao da Toro. O modelo inédito será feito no México sobre a base do recém-lançado SUV Bronco Sport, que também virá ao País. A picape será lançada mundialmente em 2021, mas só deve chegar às lojas em 2022. Há rumores de que a apresentação ocorrerá no Brasil. O modelo deverá ser batizado de Maverick. Esse nome já foi, inclusive, registrado pela Ford no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

Para o mercado brasileiro, a nova picape deverá receber o motor 2.0 flexível de até 176 cv do EcoSport Storm. Também é possível que haja opções de propulsores 1.5 e 2.0 com turbo.

Continua após publicidade

Mais Motores

Blogs e colunas