26 C
Vitória
quinta-feira, 11 agosto, 2022

TJES cria centro de inteligência para agilizar processos

A iniciativa tem como objetivo identificar e propor o tratamento adequado de demandas. Foto: Divulgação (TJES)

O objetivo do Centro de Inteligência criado pelo TJES é resolver as demandas com mais agilidade e propor soluções imediatas

Por Josué de Oliveira

O Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) criou um Centro de Inteligência. O grupo foi instituído pelo presidente da corte, desembargador Fabio Clem de Oliveira.

A equipe responsável pelas atividades será coordenada pelo desembargador Pedro Valls Feu Rosa.

Segundo o TJES, o objetivo é identificar e propor o tratamento adequado de demandas estratégicas. Além disso, identificar processos repetitivos e de massa no âmbito da Justiça estadual.

O Centro de Inteligência vai identificar e monitorar demandas judiciais repetitivas, de grandes litígios e ações coletivas de grande repercussão.

Também irá realizar estudos sobre as causas e consequências do excesso de litígios na Justiça Estadual, propor medidas normativas e de gestão voltadas à modernização das rotinas processuais, entre outras.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade