21.8 C
Vitória
quinta-feira, 13 agosto, 2020

Tecnologia faz produção de café conilon “pocar” no Norte do ES

Leia Também

Alpinismo industrial na Terceira Ponte

A Terceira Ponte será foco de mais uma ação de manutenção preventiva. O trabalho, que começou nesta semana, está sendo realizado para reparos na...

Banestes inaugura Agência Empresarial de Linhares

O novo espaço, inaugurado nessa quarta feira (12), conta com uma área moderna de atendimento, incluindo um lounge informal para conversas e fechamento de...

Campanha Compre do Pequeno tem foco na valorização do comércio local

Os impactos causados pela pandemia em pequenos negócios em todo o país mostram o quanto é importante incentivar ainda mais práticas que ofereçam impulso...

Produtividade obtida pelos irmãos Bianchi, em Governador Lindenberg, deve superar 150 sacas por hectare, resultado bem acima da média, segundo o Incaper

Produzir um café conilon de qualidade e em abundância no Norte do Espírito Santo tem se mostrado um desafio para produtores rurais após a crise hídrica de 2015. Mas quem apostou em sistemas de irrigação modernos, aliados ao manejo correto integrado, já começa a colher os primeiros frutos de uma tecnologia que veio para ficar.

Esse é caso do Sítio Santa Júlia, dos irmãos Zando e Jerri Bianchi, em Governador Lindenberg, município ao Norte do Espírito Santo. Eles implantaram a irrigação por gotejamento e, logo na primeira safra, em 2018/2019, colheram em torno de 105 sacas por hectare. Além da produtividade, o novo sistema ajudou os produtores a economizarem 40% de água e 20% de adubo.

Já na safra 2019/2020, que é a segunda colheita do café, a expectativa de produção deve superar as 150 sacas por hectare, com economia de 33% de água e 39% de adubo.

“Além da alta produtividade, os frutos estão no auge da maturação, com mais de 90% de frutos cerejas, refletindo em qualidade final da bebida. A Hydra, além do projeto de irrigação, prestou toda a assistência agronômica necessária”, explicou o engenheiro agrônomo responsável pelo pós-venda e assessoria agronômica da Hydra, Eduardo Santana.

Tecnologia na lavoura

Os produtores fizeram uso de tensiômetros (que monitoram a umidade do solo) e do extrator de solução do solo (que fazem o controle do nível de fertilizante no solo) para manejar de forma correta a irrigação e a fertirrigação. De acordo com Eduardo, todo o processo é facilitado com o uso do Fertione, que automatiza todo o processo da irrigação e da fertirrigação. Desta forma, os produtores têm mais tempo para monitorar e cuidar da sua lavoura.

“É surpreendente, satisfatório e animador. É muito difícil conseguir essa produtividade utilizando tão poucos recursos. Eles fizeram um uso racional do que eles tinham lá – água, energia, fertilizante e mão de obra – graças ao sistema e ao manejo. Essa produtividade de 150 sacas por hectare é muito acima da média”, comemorou Eduardo Santana.

De acordo com o pesquisador do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Claudinei Montebeller, resultado acima de 100 sacas de café por hectare é considerado alto, uma vez que a média para este tipo de cultura em área irrigada no Norte do Espírito Santo é de 80 sacas de café por hectare.

Importância do projeto

O também pesquisador do Incaper, José Geraldo Ferreira da Silva, destacou a importância da irrigação e do manejo correto do sistema para a obtenção de alta produtividade na lavoura de café.

“É muito importante ter um bom projeto de irrigação, contar com equipamentos de boa qualidade, tecnologia e, principalmente, fazer o manejo correto deste sistema de forma integrada”, disse José Geraldo.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

ESB 179 Digital
Continua após publicidade

Fique por dentro

Setores mais afetados pelo distanciamento social seguem deprimidos, diz BC

Ao avaliar o futuro da atividade econômica, o BC repetiu a ideia de que "a incerteza sobre o ritmo de crescimento da economia permanece acima da usual

Safra deste ano deve ser 3,8% superior à de 2019, prevê IBGE

A produção brasileira de cereais, leguminosas e oleaginosas deve fechar o ano de 2020 em 250,5 milhões de toneladas. Com informações da Agência BrasilCaso a...

211 vagas de emprego em Cariacica

Os munícipes têm a ajuda da Agência do Trabalhador, que esta semana está divulgando 211 vagas, sendo 55 são destinadas à Pessoa com Deficiência...

Estimativa para Selic no fim de 2020 permanece em 2,00% ao ano no Focus do BC

Os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica da economia) no fim de 2020. O Relatório de Mercado...

Vida Capixaba

O Pequeno Príncipe traz poesia às telas em espetáculo ao vivo

Conhecido do público infantil e adulto, o conto ‘O Pequeno Príncipe’, do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, sai dos livros e chega aos palcos,...

Bike se populariza em tempos de coronavírus

Para fugir das lotações, dos atrasos e riscos de contaminação do transporte público, muitas pessoas se tornaram adeptas das bicicletas neste período Que táxi, que...

31ª Dez Milhas Garoto é adiada para 2021

Com a insegurança em relação a propagação do vírus do Covid-19 pelo Brasil, os principais players do mercado de eventos, feiras e congressos do...

Mostra on-line de arte e cultura em Vitória

A distância dos palcos não impediu que os alunos dos espaços culturais da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) se apresentassem ao público em 2020. Durante...
Continua após publicidade