22 C
Vitória
sexta-feira, 10 julho, 2020

Sustentabilidade é foco em fábrica de biscoitos

Leia Também

ES confirma mais de 60 mil infectados pela Covid-19

De acordo com o “Painel Covid”, administrado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), nesta quinta-feira (09), o número de curados está em 39.912.

Prefeito de Viana testa positivo para a Covid-19

Gilson Daniel, está com a covid-19. Por precaução, a primeira-dama do município, Sídina Delpupo, também realizou o exame e também testou positivo para a doença.

Vacinas contra gripe liberadas para público em geral

Desde o dia 30 de junho, não há mais grupo prioritário. Com isso, todas as pessoas podem receber a dose.

ArcelorMittal Tubarão religará o segundo alto-forno neste mês

O equipamento, com capacidade para produção de 1,2 milhão de toneladas de ferro gusa/ano, estava paralisado desde o ano passado, quando passou por uma ampla reforma de manutenção.

Líder em seu segmento, Kebis não se esquece da preservação ambiental e adota medidas sustentáveis, em acordo com as diretrizes das Nações Unidas

 

* Por Roberto Teixeira – Conteúdo da Revista Indústria Capixaba (Findes) – Produzida pela Línea Publicações (Next Editorial)

Nas últimas décadas, no mundo dos negócios – cada vez mais alicerçado na utilização de recursos tecnológicos -, conquistar o equilíbrio econômico, ambiental e social com o uso consciente dos recursos naturais do planeta tem sido um dos maiores desafios das organizações. Mas esse é um processo em curso, que se torna cada vez mais inevitável e imprescindível para a sobrevivência de todos.

É preciso crescer empresarialmente, tendo, porém, o compromisso de deixar um mundo com melhor qualidade de vida para as futuras gerações. Dentro dessa ótica, a Kebis se apresenta como exemplo de uma empresa capixaba do ramo de biscoitos, líder em posicionamento e marca no segmento, que, para além do sucesso financeiro, está inserida nesse cenário de preocupação com a sustentabilidade.


A fábrica, inaugurada em 1994, adotou diversas práticas e projetos buscando trabalhar em consonância com os pilares da Organização das Nações Unidas (ONU) relativos à sustentabilidade: ser economicamente viável, ecologicamente correta e socialmente justa. Apesar de só ter lançado oficialmente seu programa de sustentabilidade no dia 12 deste mês de março, há anos desenvolve ações e projetos nesse sentido.

Em um dos pilares da sustentabilidade, a Kebis se destaca ao desenvolver um processo de reflorestamento na região de montanha, onde está localizada a sede. Para isso, implantou o Projeto Natureza é Vida, em que cada funcionário ganha um pacote de biscoito por semana. Depois, ele é incentivado a trazer as sacolas vazias de volta, as quais são utilizadas para o cultivo de mudas de ipê-amarelo, planta escolhida por ser uma espécie nativa que, quando florida, lembra as cores estampadas na bandeira brasileira. O processo de produção de mudas é desenvolvido pela empresa junto com seus colaboradores, consistindo em colheita da semente, preparo, semeadura e plantio nas sacolas devolvidas pelos funcionários.


Os ipês-amarelos vão para um viveiro e, após o período de crescimento, são distribuídos, buscando recompor e embelezar a Mata Atlântica. Por fim, os efluentes sanitários são coletados e destinados para a empresa Marca Ambiental, especializada em multitecnologias para o gerenciamento integrado de resíduos, evitando, dessa forma, a poluição dos rios.

O confeiteiro da indústria, Adivan José, participa de todo o processo de reflorestamento. “Na empresa, verifico se as mudas estão atingindo o tamanho ideal, se a irrigação está adequada. Ajudo a cuidar desde a colheita das sementes até o plantio e a distribuição. Também já levei mudas para cultivar na minha propriedade”, explica. Para Adivan, trata-se de uma lição que passa para a família. “É preciso parar e olhar o que ocorrerá para a frente. Tenho uma filha de 4 anos, afilhados e sobrinhos que já agem pensando na preservação do meio ambiente”, comenta.

“Surgido em 2013, o projeto passou por fases como criação, laboratório, revisão, implantação e distribuição e já está totalmente disseminado dentro da empresa. Os colaboradores e os diretores o compreendem e o executam”, pontua o sócio-gerente da Kebis, Valter Braun. Além disso, palestras de conscientização ambiental são promovidas em escolas, entidades e empresas, como também são recebidos, para visitas técnicas ao projeto, alunos e professores de colégios e faculdades e funcionários de outras companhias. Vislumbrando a preservação da fauna, casinhas de canários são distribuídas em vários pontos do município de Domingos Martins.

“Os danos ao meio ambiente no planeta são graves, e precisamos agir e fazer a nossa parte. Mostrar às pessoas que outros modelos de gestão são possíveis. Não é tudo pelo lucro. O principal é o respeito à vida. A ideia é que daqui a alguns anos a região onde a empresa está localizada, em Domingos Martins, tenha mais árvores, mais verde e mais beleza”, comenta o sócio-gerente da Kebis, Valter Braun.

Além disso, para esse propósito de sustentabilidade a Kebis também desenvolve os projetos Economize e Ser. Sob o ponto de vista social, o Projeto Ser – Sonhos, Estratégias e Resultados – conta com a interação dos públicos de interesse. “Para os colaboradores, oferecemos remuneração justa, investimos em treinamento, capacitações constantes e um pacote com vários benefícios: eventos de integração, passeios, participação nos lucros, seguro de vida, plano de saúde, assistência odontológica, dentre outros. Os fornecedores locais e os regionais são selecionados a partir dos critérios da sustentabilidade e fidelizados desde que cumpram essas premissas e a legislação vigente no país. Anualmente, também promovemos com os nossos colaboradores visitas a instituições como asilos e hospitais”, enumera Braun.

Para confirmar os pilares da ONU, o dirigente afirma: “Para ser culturalmente diversa, a empresa não faz acepção de religião, cultura, raça, credo, sexo, idade dos colaboradores, clientes e público em geral”. O Projeto Ser, inspirado na premissa “um exemplo vale mais que mil palavras”, desenvolve ainda ações como promoção de palestras em escolas, entidades e empresas e também recepciona clientes, escolas, faculdades e grupos de alunos para trabalhos escolares ou de conclusão de curso
 (TCC), bem como treinamentos, consultorias e missões de negócios nacionais e internacionais, divulgando valores e missões da fábrica. “Com esse projeto, cumprimos a missão de divulgar, inspirar e multiplicar na equipe e na sociedade nossa história, tradição, princípios e valores, o regimento interno e as práticas de gestão que executamos para alcançar nossos resultados de sustentabilidade e justiça social num mercado imediatista e altamente competitivo”, afirma Valter Braun.

A Kebis também se preocupa com a chamada logística reversa, que pode ser conceituada como um instrumento de desenvolvimento econômico e social, caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial. A ideia é que ocorra o reaproveitamento desses materiais em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou ainda que lhes seja dada outra destinação final ambientalmente correta. Além de consultorias periódicas, a empresa adota também um modelo de excelência da gestão, o MEG, que pretende culminar no alcance da sustentabilidade.

 Matéria concedida para a Revista Indústria Capixaba, edição 323, uma publicação oficial da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), com produção editorial Línea Publicações (Next Editorial)
©Copyright Findes/Línea-2016
Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Saques do auxílio emergencial e do FGTS antecipados. Como fazer?

Muitos brasileiros estão recebendo os valores por meio do aplicativo Caixa Tem. Para isso, algumas fintechs permitem que a transferência seja realizada antecipadamente.

CNI: acordo traz segurança a comércio exterior de produtos brasileiros

CNI comemorou ratificação do Protocolo de Nagoia. Saiba mais! A Confederação Nacional da Indústria (CNI) comemorou a ratificação do Protocolo de Nagoia, aprovada nesta quarta-feira...

Sebrae: cresce interesse por cursos a distância para empreender

Inscrições este ano, até o momento, chegam a 1,5 milhão de pessoas. Saiba mais! O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas...

Nascidos em abril podem sacar primeira parcela de auxílio hoje

Caixa paga terceiro lote do benefício. Saiba mais! Cerca de 400 mil beneficiários do auxílio emergencial, contemplados no terceiro lote do benefício, podem sacar hoje (9) os...

Vida Capixaba

Shopping Vitória realiza liquidação virtual nesta semana

A RED TAG (etiqueta vermelha), uma liquidação virtual dentro da Vitrine SV, entre os dias 8 e 10 de julho.

Webinar aborda a construção em aço na era da Indústria 4.0

A webinar “Construção em aço na era da Indústria 4.0”, que será realizada nesta quinta-feira (09), a partir das 17 horas.

Como fica o tempo nesta semana no Espírito Santo? Veja!

De acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a previsão é de poucas nuvens e sem chuvas nas regiões capixabas.

Centro de Quarentena começa a funcionar em Vitória

A previsão é acolher cerca de 800 pessoas até o fim do ano. E para atender os pacientes, foi montada uma equipe com 44 profissionais, entre assistentes sociais, técnicos de enfermagem, entre outros.
Continua após publicidade