24.9 C
Vitória
domingo, 14 abril, 2024

Site do Banestes muda para ser acessível a deficientes visuais

Site do Banestes muda para ser acessível a deficientes visuaisO site do Banestes mudou. Com as adaptações feitas em seu layout, tornou-se, a partir desta segunda-feira (15), acessível também às pessoas com deficiência visual

Essa iniciativa alinha o Banco aos padrões de acessibilidade universal e proporciona um maior conforto e autonomia aos usuários cegos ou com baixa visão (acuidade visual entre 5% e 30%).

“As imagens são maiores e aparecem em menor quantidade. Já as cores mais fortes ganharam tonalidades mais brandas, para melhor visualização pelos clientes que possuem baixa visão”, diz o diretor de Tecnologia do Banco Pedro Paulo Braga Bolzani.

- Continua após a publicidade -

As informações foram também reorganizadas de forma lógica, com a sequência cabeçalho, menu principal, conteúdo principal, conteúdo secundário e rodapé. Essa organização, explica Bolzani, proporciona aos usuários de leitores de tela uma experiência muito próxima da de quem utiliza a navegação visual e está dentro do padrões estabelecidos pelo e-MAG.

E-MAG é o Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico. Consiste em um conjunto de recomendações a ser considerado para que o processo de acessibilidade dos sítios e portais do Governo brasileiro seja conduzido de forma padronizada e de fácil implementação.

Protótipo

Para assegurar que o serviço estaria realmente adequado às necessidades dos deficientes visuais, um protótipo do site foi apresentado ao Setor Braille da Biblioteca Pública Espírito Santo Levy Cúrcio Rocha (BPES), que é referência no assunto. Possui cinco computadores equipados com sintetizadores de voz, que fazem a leitura de programas e de sites para os deficientes visuais, e reúne um acervo com mais de 600 livros em Braille e 200 audiolivros.

A equipe responsável pelo desenvolvimento do Projeto Acessibilidade no Site Banestes, capitaneada pelo analista de Tecnologia da informação e Comunicação Pablo de Oliveira Silvano, buscou também informações no Instituto Luiz Braille, em Vitória.

Sandro Bermudes Machado, responsável por auxiliar os usuários do Setor Braille da BPES e por adaptar materiais impressos ao sistema Braille, contribuiu no processo de homologação da nova versão do site.

“A nova página do Banestes na internet vai propiciar ao deficiente visual a igualdade de acesso às informações sobre produtos e serviços da instituição”, afirmou ele. Algumas de suas sugestões para melhoria da acessibilidade no site do Banestes foram acatadas pela equipe de desenvolvimento do Projeto.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA