23.6 C
Vitória
quinta-feira, 2 julho, 2020

Empresário capixaba: seja fornecedor da cadeia de petróleo e gás

Leia Também

Hoje é o último dia para pedir o auxílio emergencial

Prazo para novos cadastros termina nesta quinta às 23h59. Saiba mais! Para quem ainda não se cadastrou a fim de receber o auxílio emergencial de R$...

MEC define protocolo de segurança para volta às aulas

Cronograma das atividades deve ser orientado pelo governo local. Saiba mais! O Ministério da Educação (MEC) definiu um protocolo de biossegurança para a retomada gradual...

Brasil chega a 60 mil mortes por covid-19

O país soma 1.488.753 casos acumulados da doença. Saiba mais! Até o momento, 60.632 pessoas morreram em decorrência da pandemia do novo coronavírus no Brasil,...

Depois de dois meses em queda, produção industrial cresce 7% em maio

Alta é a maior desde junho de 2018 (12,9%), diz IBGE. Confira! A produção industrial brasileira avançou 7% na passagem de abril para maio deste...

Isso porque somente a Petrobrás compra anualmente cerca de R$ 3 bilhões aqui no Estado. Veja como conquistar seu espaço.

Nesse universo há, pelo menos, 40 tipos de produtos e serviços que podem ser fornecidos ou prestados pelas empresas capixabas de pequeno porte que são especializadas no setor. Segundo informações do Fórum Capixaba de Petróleo e Gás, da Federação das Indústrias do Estado (Findes), a cadeia produtiva do setor é ampla e, entre serviços e produtos estão de ferramentas manuais, materiais de escritório, móveis e utensílios domésticos , seguros e serviços financeiros, construção e obras civis, entre outros tantos.

De acordo com o especialista no segmento e coordenador do Fórum Capixaba de Petróleo e Gás, Durval Vieira de Freitas, nos próximos cinco anos, a Petrobras vai investir cerca de R$ 16 bilhões no Estado.

Já com relação ao gasto anual de R$ 3 bilhões em produtos e serviços no Espírito Santo, Durval ressaltou que esse valor pode ser superado e explicou que a compras podem ser diretas e indiretas.

“O fornecedor e prestador de serviço local precisa entender que não é só a Petrobras que compra. São também operadoras das plataformas, empresas que alugam rebocadores. Há um número grande de clientes pela frente”.

Segundo o especialista, para ser uma fornecedora da Petrobras e de outras empresas do setor, a empresa precisa estar com toda a documentação em dia.

“Há ainda certificações próprias do setor como as de Qualidade, SMS (Segurança, Meio Ambiente e Saúde), Trabalho em altura, entre outras. Há cadastro que, às vezes, não são tão simples. E tudo também tem de estar em inglês, que é o idioma exigido no setor”.

Durval ressaltou que o mercado de petróleo e gás é muito vantajoso. Só a Petrobras fatura, por ano no Estado, R$ 20 bilhões. Depois vem a Vale, com R$ 10 bilhões. Isso dá a dimensão do setor”.

Ele complementou: “É um setor bem vantajoso, mas que cobra absoluto profissionalismo e foco de todas as empresas participantes. Não há espaço para amadores ou curiosos”.

 

Páginas amarelas: Bens e serviços básicos. Nesse caso, é dispensada qualquer comprovação documental.

Operacionais: Itens com um grau maior de criticidade se comparados aos itens de Páginas Amarelas. Demanda comprovação documental.

Críticos: Bens e serviços críticos e de alto impacto econômico. Demanda comprovação documental.

Estratégicos: Itens chave para a operação da empresa. São de alta complexidade e fundamentais para a execução das atividades. Demanda comprovação documental.

Segundo o fórum, atualmente 434 micro e pequenas empresas estão inseridas na cadeia de Petróleo e Gás, um crescimento de 24% em relação ao ano passado. Um número que ainda pode ser ainda maior e expressivo com muitas oportunidades de negócios.

*Da redação com informações da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes)

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_177
Continua após publicidade

Fique por dentro

Confiança do empresário sobe em junho pelo segundo mês, diz FGV

Índice atingiu 80,4 pontos em escala de zero a 200 pontos. Saiba mais! O Índice de Confiança Empresarial (ICE) medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV)...

Intenção de consumo das famílias tem maior queda em dez anos, diz CNC

Em comparação a junho do ano passado a queda é de 24,1%. Confira! A Intenção de Consumo das Famílias (ICF), medida pela Confederação Nacional do...

Cinco passos para conquistar prosperidade

As pessoas só querem prosperidade ou estão trabalhando para serem prósperos?

Cliente adota a compra pelos canais digitais

A Mercedes-Benz estreou no dia 8 deste mês sua loja no Instagram. Saiba mais! Por Hairton Ponciano (AE) Aos poucos, as concessionárias vão reabrindo as portas...

Vida Capixaba

O clássico tricot retorna à moda com o inverno

Desde que caiu na graça das fashionistas, o tricot ganhou recortes e estampas mais atuais e se consolidou como a peça chave dos looks de inverno nos últimos anos.

Cinema drive-in será aberto a partir desta quinta (02), em Vitória

Tendência nos anos 1960, o Circuito Cine Drive-In, será realizado em um espaço montado no estacionamento da Faculdade Estácio de Sá, em Jardim Camburi, Vitória.

População poderá opinar sobre projeto arquitetônico em Vila Velha

Estão previstas a construção de um centro de apoio aos visitantes com lojas, sede administrativa, salão, banheiros, depósitos, playground, estacionamento, entre outras melhorias.

Raul Seixas será próxima atração do Diversão em Cena

O espetáculo “Raulzito Beleza: Raul Seixas para Crianças” será apresentado neste domingo (28), às 16 horas, nas mídias sociais do projeto.
Continua após publicidade