18.9 C
Vitória
quarta-feira, 19 junho, 2024

São Paulo exibe confiança e avança às oitavas da Libertadores

Na altitude de 2.260 metros de Calama, no Chile, a equipe paulista saiu com a vitória por 3 a 1 sobre o Cobresal

Na noite desta quarta-feira, o São Paulo revelou e até abusou da autoconfiança. Essa condição mostra uma maturidade precoce da equipe, que foi capaz de virar o placar na altitude de 2.260 metros de Calama, no Chile, e sair do Estádio Zorros del Desierto com a vitória por 3 a 1 sobre o Cobresal e a vaga antecipada às oitavas de final da Copa Libertadores.

O São Paulo chega a nove pontos e fica atrás do Talleres (10) na classificação do Grupo B. Ambos estão garantidos na próxima etapa do torneio continental. O Barcelona de Guayaquil está em terceiro com dois pontos, enquanto o Cobresal é o lanterna com um.

- Continua após a publicidade -

O São Paulo veio a campo com uma escalação modificada. Zubeldía decidiu dar oportunidade a atletas menos utilizados, seja por opção técnica ou por condição física dos titulares. A equipe tricolor partiu para o ataque nos primeiros minutos e dava a impressão de domínio. O time chileno se defendia com uma linha de até seis defensores.

No entanto, os donos da casa mostraram que poderiam ser perigosos em lances de velocidade. Foi assim que, aos 23 minutos, Diego Coelho abriu o marcador. Mesías recebeu pelo lado esquerdo da área e escorou para o meio e o uruguaio aproveitou para colocar o Cobresal à frente no marcador.

O placar desfavorável reforçou a postura ofensiva do São Paulo. O time tricolor insistiu em jogadas aéreas e trocas de passes na zona intermediária. Aos 38 minutos, a qualidade técnica de Luciano e Michel Araújo fizeram a diferença. O uruguaio tocou para o atacante na área, o camisa 10 driblou o marcador e acertou um belo chute para deixar tudo igual.

Logo depois, Calleri teve a chance de fazer mais um, mas parou na marcação. No fim do primeiro tempo, Luciano saiu cara a cara com o goleiro em contra-ataque e exagerou na confiança, tentando um toque de cobertura. O goleiro fez uma simples defesa.

O Cobresal voltou do intervalo com apetite de gol. O time chileno ficou com a posse da bola, mas não conseguiu levar perigo de fato ao goleiro Rafael. Dada a ineficácia dos mandantes, coube ao São Paulo se movimentar para aproveitar as chances mais raras.

Zubeldía promoveu as entradas de Rodrigo Nestor, Galoppo e Erick nos lugares de Bobadilla, Michel Araújo e Ferreirinha. Logo nos primeiros movimentos, Nestor cumpriu com o que se esperava. O meia deu um lindo chute de longe e anotou um golaço para virar o placar para o São Paulo, aos 15 minutos do segundo tempo.

O jogo ficou do jeito que o São Paulo queria. Com o domínio tricolor, o terceiro gol amadureceu. Calleri recebeu passe estiloso de Erick, acertou a trave em tentativa de encobrir o goleiro, mas deixou sua marca no rebote, aos 33 minutos. O argentino se tornou uma preocupação, quando na reta final, saiu de campo reclamando de dores. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA