24.9 C
Vitória
quarta-feira, 16 junho, 2021

R$ 290 milhões em vendas com horário ampliado no Dia das Mães

Lojas de ruas e de shoppings das cidades em risco alto, como é o caso da Grande Vitória, podem funcionar em horário ampliado

Na semana que antecede o Dia das Mães – segunda melhor data para o comércio, depois do Natal – lojas estão autorizadas a funcionarem em horário especial. O governo do Estado anunciou, durante apresentação do Mapa de Risco na última sexta-feira (30), ampliação nos horários de atendimento nos estabelecimentos da Grande Vitória e de outros 56 municípios classificados com risco alto.

Lojas de rua e de shoppings estão autorizadas a funcionarem até a próxima sexta-feira (7), de 10 às 20 horas, e no sábado, de 8 às 18 horas.

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio-ES), José Lino Sepulcri, disse que a ampliação do horário vai ajudar muito o setor. “Nossa expectativa era muito grande e tivemos essa compreensão por parte do governo do Estado. O Dia das Mães é muito representativo para o comércio. Nossa expectativa é que a data movimente cerca de R$290 milhões no Espírito santo”disse.

Sepulcri disse também que o anúncio sobre o funcionamento permitiu que os lojistas e os consumidores se programassem, uma vez que, na avaliação dele, com as restrições anteriores de dias e horários, o consumidor tinha muitas dúvidas se as lojas estavam abertas ou não.

Em Cachoeiro de Itapemirim, que também está na classificação de risco alto, a prefeitura publicou, nesta segunda-feira (3), um decreto que autoriza atividades econômicas a funcionarem neste semana com horários diferentes.  Até sábado (8), as lojas de rua poderão abrir das 8 às 18h. Shopping centers, galerias e centros comerciais, incluindo praças de alimentação, poderão funcionar por 10 horas diárias: de segunda a sexta até 20h e sábado até as 18h.

Já os restaurantes e praças de alimentação podem funcionar no domingo Dia das Mães no horário das 10h às 16h.

Faturamento

Levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offer Wise Pesquisas, revela que 77% dos consumidores devem realizar pelo menos uma compra neste Dia das Mães— o dado fica bastante próximo dos 78% observados em 2019, antes da pandemia da Covid-19.

Em números absolutos, a expectativa é de que aproximadamente 122 milhões de brasileiros presenteiem alguém este ano, o que deve movimentar uma cifra próxima de R$ 24,3 bilhões nos segmentos do comércio e serviços.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade