Protesto contra fornecedora de energia chega à Assembleia

Manifestantes estão se organizando também para irem em grupo à delegacia do consumidor

O movimento Contra o Abuso na Cobrança da Conta de Luz – EDP promoveu mais uma ação nesta terça-feira (26). Representantes dos clientes unidos com o objetivo de reverter o quadro de reajustes que consideram abusivos por parte da concessionária fornecedora de energia elétrica estiveram na Assembleia Legislativa para obter apoio dos deputados estaduais.

Após a visita, o próximo passo será a protocolização de uma carta para que o Poder Legislativo estadual investigue os fatos relatados pelos consumidores. No texto, os manifestantes relatam as atitudes consideradas ilegais por parte da empresa. Para apoiar o início da apuração, uma petição on-line que também sentirem lesados unam-se a causa.

Segundo texto publicado, “além do cálculo equivocado do imposto (ICMS), que deveria incidir sobre o consumo de energia elétrica e não sobre energia + tarifas, o que eleva o valor da fatura mensal, muitos consumidores tiveram de um mês para outro um salto de 150% ou mais no valor total da conta, registrando um consumo que não se justifica, por não ter havido alteração na rotina de consumo médio nas residências ou comércios.”

Foto: Renato Cabrini
Substituição de relógio da concessionária de energia considerado pelo movimento como irregular (Fotografia – Divulgação)

O grupo também está incentivando seus membros a irem à Delegacia do Consumidor em Vitória para que uma investigação formal possa ser aberta.

Desde a sua organização, o movimento conseguiu algumas vitória como a substituição de relógios contadores de energia em algumas residencias considerados pelos clientes como defeituosos ou supostamente alterados de forma equivocada.


LEIA MAIS

Manifestação contra aumento nas contas de energia
Indignação por aumento abusivo na conta de energia

Conteúdo Publicitário