24.4 C
Vitória
quarta-feira, 29 maio, 2024

Programa de passagens beneficiará milhares de aposentados no Estado

Voa Brasil terá passagens a R$ 200 e deve ser lançado em fevereiro.

Por Gustavo Costa

Viajar em 2024 deverá ficar mais barato tanto para aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) quanto estudantes que são bolsistas do Programa Universidade para Todos (Prouni).  Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (9), no Palácio do Planalto, o ministro de Portos e Aeroportos, Sílvio Costa Filho, falou sobre a iniciativa que deverá ser lançada até fevereiro.

- Continua após a publicidade -

O programa Voa Brasil terá passagens aéreas a R$ 200 por trecho e será focado nesses dois públicos em um primeiro instante. “Essa é a primeira etapa do programa e, a partir daí, a gente vendo que o programa funcionou, vai tentar cada vez mais, ao lado das aéreas, buscar a ampliação do programa”, falou o ministro.

A estimativa do governo é de que até 3 milhões de pessoas que nunca viajaram de avião ou não viajam há mais de 12 meses seja impactadas pela iniciativa. Lembrando que os estudantes precisam ser de estudantes de baixa renda do Prouni, e os aposentados do INSS que recebam até 2 salários mínimos.

A importância do programa no Estado

O programa foi idealizado em conversações com as companhias aéreas, uma vez que o governo não pode interferir na precificação das passagens. Entre aposentadorias e pensões do INSS, o Espírito Santo tem hoje em torno de 750 mil pessoas.

Para Gerson Maia de Carvalho, presidente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas e Idosos Seccional Estatual de Base no Espírito Santo (Sintapi-ES) a ação deve ser celebrada pela categoria. “No Espírito Santo, onde a média das aposentadorias é por volta de R$ 2.300, então a iniciativa é extremamente benéfica, que vai permitir que os aposentados, possam usufruir não só como turismo, mas também para visitar parentes que moram em estados”, explicou ele.

Para Carvalho, o Voa Brasil pode mudar os hábitos dos aposentados em viagens. “Quem mora aqui no Estado e tem parentes no Nordeste ou em São Paulo, por exemplo, até então tinham que viajar de ônibus, que é o que geralmente eles poderiam pagar. E a viagem poderia levar dois dias e duas noites dentro do ônibus. Com a idade avançada, isso seria um sofrimento muito grande, né? Então com essa iniciativa do governo, com esse valor de R$ 200 pode representar uma mudança muito boa para a vida das pessoas. O governo já começa a liberar, junto com as companhias aéreas, essas passagens a partir do meio de fevereiro. Esperamos com ansiedade, enquanto aposentados”, destacou.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA