20.5 C
Vitória
segunda-feira, 22 DE julho DE 2024

Primeiro avião da FAB decola de Tel Aviv com brasileiros

Israel autorizou o envio de dois aviões do Brasil para o resgate de cidadãos do país na segunda-feira (9)

A primeira aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) para o resgate de brasileiros em Israel chegou a Tel Aviv às 9h41 desta terça-feira, 10. A aeronave, modelo KC-30, com capacidade para transportar até 238 passageiros, decolou de volta para o Brasil cerca de 2h depois, às 12h (horário de Brasília) e está prevista para pousar no Brasil às 1h da quarta-feira, dia 11.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, cerca de 1,7 mil brasileiros em Israel externaram o interesse em repatriação. Outras cinco aeronaves serão enviadas para resgatar os que continuam no país, enquanto o conflito entre Israel e o grupo terrorista Hamas continua na Faixa de Gaza e no território israelense.

- Continua após a publicidade -

Israel autorizou o envio de dois aviões do Brasil para o resgate de cidadãos do País na segunda-feira, 9. A aeronave da FAB já estava em Roma quando a autorização foi concedida, depois de sair do Rio Grande do Norte no domingo.

O KC-30 é a maior aeronave da FAB e consegue voar uma distância de 14,5 mil quilômetros. De acordo com a FAB, outros dois aviões deste modelo serão utilizados na missão no Israel, além de dois KC-390 e dois VC-2.

Os candidatos à repatriação devem seguir critérios de prioridade Em um primeiro momento, residentes no Brasil sem passagem aérea serão priorizados.

As decolagens de Tel-Aviv e de outras localidades do Oriente Médio com brasileiros resgatados devem ocorrer até esta quarta-feira. A ideia é que os cidadãos sejam levados até os aeroportos pela manhã, para evitar que se desloquem por terra durante a madrugada.

Brasileiros em Gaza

Um grupo de 25 brasileiros que estavam em Gaza e pediram ajuda para serem repatriados estão reunidos e devem seguir para o Egito, que faz fronteira com o enclave palestino, onde devem ser resgatados. O Brasil negocia com o Egito para que o grupo possa entrar no país, que atualmente impõe um bloqueio a Gaza.

A saída pelo Egito é a única alternativa para os brasileiros que estão no local, já que a Faixa de Gaza está bloqueada por Israel, tornando impossível eles serem resgatados pela FAB nos voos de Tel Aviv.

Até o momento, o conflito deixou dois brasileiros que estavam em uma festa rave próximo à Gaza mortos. Bruna Valeanu e Ranani Glazer, ambos com 24 anos, tiveram as mortes confirmadas pela família. Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA