22.6 C
Vitória
quinta-feira, 2 julho, 2020

Português reprova 50% dos jovens em seleção, aponta pesquisa

Leia Também

ES chega a 50 mil casos confirmados do novo coronavírus

Segundo o "painel Covid", até o momento, foram realizados 113.375 testes em todo o Estado.

Projeto prevê espaço para a imprensa capixaba na Ales

Na sala constará a atualização periódica e um banco de dados sobre as revistas e jornais dos municípios, antigos e atuais, além de fotos de momentos históricos e de profissionais da área de comunicação que prestaram relevantes serviços por meio do exercício de suas atividades. 

71% dos consumidores se sentem desconfortáveis em visitar locais públicos

Pesquisa divulgada pela empresa de consultoria Accenture mostra que grande parte dos entrevistados não se sente à vontade em frequentar shoppings, bares, eventos esportivos e shows pelos próximos dois meses.

Grandes clássicos apresentados no segundo concerto on-line da Osses

A exibição virtual, que faz parte do projeto “[email protected] Sinfônica In Live”, começará às 20 horas, nas mídias sociais do Projeto Casa Verde.

Nossa querida língua portuguesa tornou-se a grande vilã na busca por uma vaga no mercado de trabalho entre os jovens

Essa triste realidade foi constatado em uma pesquisa feita pelo Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) com 9.149 participantes. A verificação foi feita com base em um ditado com 30 palavras cotidianas. Caso houvesse mais de sete erros, ocorria a eliminação. A amostragem foi divulgada pela Associação Brasileira de Recursos Humanos.

A maioria, 50,3%, apresentou um desempenho abaixo do permitido na avaliação, contra 49,7% de aprovados. O número de pessoas com resultados negativos aumentou. No estudo efetuado em 2017, foram 46% desclassificados contra 54% bem-sucedidos.

Estudantes do ensino médio técnico e regular tiveram os níveis as médias mais altas de erros, com 55,9% e 52,9%, respectivamente. Os melhores índices ficaram com quem já cursa pós-graduação, com somente 16,7% eliminados. Os universitários foram a camada com mais participantes: representam 73% do estudo e tiveram 49,5% de reprovação.

O intuito da análise, segundo a recrutadora Helenice Resende, é identificar os principais motivos da desclassificação de candidatos e, com isso, auxiliá-los na compreensão dos pontos de melhoria.

Segundo recrutadora, muitos não percebem ter dificuldade com a gramática
Por mais contraditório que possa parecer, alunos de rádio e TV, ou seja, que optam pela área de comunicação, dispararam com a performance mais baixa: 74,2% dos graduandos não conseguiram passar no teste. Em segundo lugar, com 62,5%, aparece Biomedicina. Na sequência, aparecem Administração (57%), Direito (54%) e Publicidade (50,4%).

Em contrapartida, Engenharia de Produção e Letras ocupam primeiro e segundo lugares no ranking dos números mais satisfatórios, com 89,1% e 83,3% de aprovação, respectivamente. Entre os cinco melhores ainda ainda estão Psicologia (73,9%), Engenharia de Computação (71,7%) e Ciência da Computação (71%).

“Para melhorar seu nível de conhecimento gramatical, o primeiro passo é identificar essa necessidade. Muitos não percebem suas defasagens e, por isso, não compreendem o motivo da desclassificação”, ressalta Helenice.

Atualmente, os testes são feitos on-line. Mesmo assim, os candidatos escorregam e têm um baixo desempenho. A recrutadora orienta: “Leia livros, revistas e jornais com frequência. Fique atento quanto ao acesso exagerado a conteúdos informais, como os das redes sociais, pois podem confundir o leitor. Além disso, quando visualizar ou ouvir uma palavra nova, pesquise, pois isso contribuirá para o enriquecimento do seu vocabulário”.

Para ela, também é válido desativar o corretor ortográfico automático, comum nos smartphones e procurar cursos, aplicativos ou jogos voltados ao aprimoramento das suas capacidades linguísticas.

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_177
Continua após publicidade

Fique por dentro

Hoje é o último dia para pedir o auxílio emergencial

Prazo para novos cadastros termina nesta quinta às 23h59. Saiba mais! Para quem ainda não se cadastrou a fim de receber o auxílio emergencial de R$...

Depois de dois meses em queda, produção industrial cresce 7% em maio

Alta é a maior desde junho de 2018 (12,9%), diz IBGE. Confira! A produção industrial brasileira avançou 7% na passagem de abril para maio deste...

Confiança do empresário sobe em junho pelo segundo mês, diz FGV

Índice atingiu 80,4 pontos em escala de zero a 200 pontos. Saiba mais! O Índice de Confiança Empresarial (ICE) medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV)...

Intenção de consumo das famílias tem maior queda em dez anos, diz CNC

Em comparação a junho do ano passado a queda é de 24,1%. Confira! A Intenção de Consumo das Famílias (ICF), medida pela Confederação Nacional do...

Vida Capixaba

O clássico tricot retorna à moda com o inverno

Desde que caiu na graça das fashionistas, o tricot ganhou recortes e estampas mais atuais e se consolidou como a peça chave dos looks de inverno nos últimos anos.

Cinema drive-in será aberto a partir desta quinta (02), em Vitória

Tendência nos anos 1960, o Circuito Cine Drive-In, será realizado em um espaço montado no estacionamento da Faculdade Estácio de Sá, em Jardim Camburi, Vitória.

População poderá opinar sobre projeto arquitetônico em Vila Velha

Estão previstas a construção de um centro de apoio aos visitantes com lojas, sede administrativa, salão, banheiros, depósitos, playground, estacionamento, entre outras melhorias.

Raul Seixas será próxima atração do Diversão em Cena

O espetáculo “Raulzito Beleza: Raul Seixas para Crianças” será apresentado neste domingo (28), às 16 horas, nas mídias sociais do projeto.
Continua após publicidade