Polícia Federal apreende criadouros ilegais de animais silvestres

Operação Terra Papagalli - Polícia Federal
Foto: Polícia Federal

Os investigados responderão pelos crimes de criação e introdução ilegal de espécimes no país e maus-tratos de animais

A Operação Terra Papagalli foi deflagrada nesta quara-feira (30) pela Polícia Federal no Espírito Santo. O objetivo é combater a criação, venda ilegal e maus-tratos de animais silvestres. No total, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, sendo quatro nos municípios da Grande Vitória e um em São Mateus.

A investigação criminal teve início com o levantamento dos órgãos ambientais sobre a existência de criadouros de animais silvestres sem a devida licença de operação. Tal fato foi confirmado no decorrer dos trabalhos, o que culminou com o pedido de busca e apreensão.

A operação contou com a participação de policiais federais da Superintendência da Polícia Federal no Estado. Também colaboraram membros da delegacia da PF em São Mateus e servidores do Ibama e do Iema.

Operação Terra Papagalli

Os investigados responderão pelos crimes de criação e introdução ilegal de espécimes no país e maus-tratos de animais. As penalidades estão previstas nos artigos 31 e 32 da Lei 9.605/98, cuja pena poderá chegar a dois anos de detenção.