25.9 C
Vitória
sábado, 4 dezembro, 2021

Pessoas a partir dos 55 anos já são 28% dos empreendedores no ES

Cerca de 13% dos atendimentos do Sebrae/ES, em 2020, foram para esta faixa etária

Por Leulittanna Eller Inoch 

Você já pensou em algo para fazer quando se aposentar? Diante dessa pergunta, a resposta mais comum seria viajar e curtir a vida. Mas essa realidade está mudando, e muitos aposentados têm apostado no empreendedorismo como forma de ocupar o tempo.

Atualmente, de acordo com o último levantamento do DataSebrae, os empreendedores a partir dos 55 anos representam cerca de 28% do empresariado capixaba. Do público atendido pelo Sebrae/ES, no ano passado, eles são 13%. Não que sejam todos aposentados, mas este grupo corresponde a um percentual importante dessa faixa etária.

A Dalva Nader, faz parte desta estatística. Aos 72 anos, ela ainda não pensa em ficar parada. Antes mesmo de se aposentar, Dalva já começou a se preparar para continuar na ativa. Fez cursos de massoterapia, cabeleireiro e outros, todos da área da beleza. Hoje, ela atua como consultora de uma grande companhia de venda direta de cosméticos. “Eu não consigo me ver parada, e trabalhar faz bem para a minha saúde e autoestima É uma terapia. Sem contar que é uma boa renda a mais”, destaca.

Nem a pandemia deixou Dalva parar. Ela se reinventou no contato com as clientes, e o meio digital fez toda a diferença. “Hoje, a gente usa o atendimento online e vai se reinventando, vai criando uma relação até melhor com os clientes. A pandemia tem nos ensinado muito. Encontrei no online uma maneira boa de trabalhar e que me exige menos esforço. Eu ainda faço a entrega dos produtos, mas quando uma cliente precisa de ajuda, eu não preciso mais sair de casa, nos comunicamos por chamada de vídeo”, explica Dalva.

Para a analista do Sebrae/ES, Renata Braga, o empreendedorismo nessa idade precisa ser algo com o que o idoso/aposentado tenha afinidade. “O retorno ao mercado de trabalho precisa ser prazeroso e não ter apenas o foco em dinheiro ou renda extra. Por esse motivo, antes mesmo de definir em qual atividade apostar, é importante levar em consideração que a nova ocupação seja algo que faça sentido para quem está empreendendo. O aposentado precisa se sentir bem com a nova atividade, sem ultrapassar os limites impostos pela idade”, ressalta a analista.

É necessário, ainda, criar uma rotina diária para que o trabalho não suprima os momentos de lazer. Além disso, também é ideal ter um planejamento e nunca misturar pessoa física e jurídica. O Sebrae/ES oferece toda a orientação necessária para quem deseja abrir um negócio. Basta acessar a aba atendimento ao cliente no site do Sebrae/ES (bit.ly/Sebrae-ES), ou entrar em contato direto pela central de atendimento 0800 570 0800 ou pelo Whatsapp (27) 30415500.

 

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade