18.9 C
Vitória
domingo, 16 junho, 2024

Ministra da Saúde exonera Nésio Fernandes após pressão política

Felipe Proença de Oliveira, atual secretário-adjunto de Fernandes, assume interinamente o comando da secretaria

Por Kebim Tamanini

Nesta quinta-feira (22), a ministra da Saúde, Nísia Trindade, anunciou a exoneração de Nésio Fernandes, até então secretário nacional de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde. A decisão veio após intensa pressão do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e líderes do centrão.

- Continua após a publicidade -

Felipe Proença de Oliveira, atual secretário-adjunto de Fernandes, assume interinamente o comando da secretaria nacional. No entanto, já se antecipa que o novo titular enfrentará desafios semelhantes, visto que o centrão almeja liderar o Ministério da Saúde e utiliza de pressão para alcançar seus objetivos.

Em 2023, durante a gestão de Fernandes, foram destinados R$ 36,6 bilhões para a estruturação de unidades básicas de saúde, equipes de agentes comunitários, além de outras ações na área da atenção básica. Ademais, a secretaria esteve à frente dos editais do programa Mais Médicos.

Antes de sua atuação nacional, Fernandes ocupou o cargo de secretário da Saúde no Espírito Santo durante a segunda gestão de Renato Casagrande (PSB), de 2019 a 2022. No estado capixaba, o filiado ao PC do B também enfrentou críticas por parte da ala bolsonarista.

Até o momento, Fernandes não se pronunciou sobre sua saída prematura do Ministério da Saúde.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA