22.1 C
Vitória
terça-feira, 9 agosto, 2022

Metaverso está claro para 42% dos profissionais brasileiros

Por outro lado, 50% dos entrevistados revelam que entendem apenas parcialmente e os demais não conhecem o tema. Foto: Freepik

Por outro lado, 50% dos entrevistados revelam que entendem apenas parcialmente e os demais não conhecem o tema

A oportunidade de mercado para o metaverso pode atingir US$ 800 bilhões (R$ 4,3 trilhões) até 2024, segundo uma projeção da Bloomberg Intelligence. Não à toa, o Bank of America incluiu a inovação em sua lista de quatorze tecnologias que devem revolucionar a vida da sociedade.

Diante deste panorama, o IEG (Instituto de Engenharia de Gestão) promoveu uma pesquisa sobre as perspectivas do metaverso com mais de 100 profissionais brasileiros que atuam em empresas de diferentes portes e segmentos a fim de entender como essas pessoas têm enxergado essa tendência tecnológica.

De acordo com o estudo, 42% dos profissionais afirmam que o conceito de metaverso está totalmente claro. Por outro lado, 50% dos entrevistados revelam que entendem apenas parcialmente e os demais não conhecem o tema. Além disso, 75% dos participantes nunca tiveram contato com o metaverso.

Segundo Lara Pessanha, sócia do IEG, com base na pesquisa foi possível perceber que o metaverso já é um termo bastante conhecido entre os profissionais do país, entretanto, muitos ainda não dominam totalmente o conceito, tendo algumas dúvidas sobre o mesmo. Ela aponta que isso é natural, dado que o tema ainda é considerado relativamente novo.

Pessanha chama a atenção para o ponto da pesquisa que indica que 3 em cada 4 profissionais nunca tiveram contato com o metaverso. “Esse dado representa uma grande oportunidade, pois, apesar de ser um termo conhecido na teoria, poucos conseguiram tangibilizar o conceito experimentando na prática”.

Ainda segundo a análise do IEG, mais da metade dos entrevistados informaram que as corporações em que atuam ainda não desenvolveram qualquer ação relacionada ao metaverso, sendo que 38% deles afirmaram que elas pretendem fazê-lo. Na visão dos trabalhadores, as áreas que têm maior oportunidade de utilizar a nova tecnologia nas empresas são: Atendimento ao Cliente (64%), Marketing (59%) e Recursos Humanos (52%).

A sondagem também aponta que, para os profissionais, os treinamentos de colaboradores tendem a ser altamente impactados pelo metaverso, tanto no aspecto financeiro quanto em termos de experiência.

Para 82% dos entrevistados, as novas possibilidades de conexão com os clientes estão entre os principais benefícios que podem ser obtidos pelas empresas por meio da inovação. Além disso, eles citaram: o posicionamento inovador (77%) e as novas possibilidades de conexão com os funcionários (76%).

Por outro lado, os profissionais também estão cientes que a adesão ao metaverso pode trazer alguns desafios, como os riscos de segurança da informação (73%), a dificuldade em encontrar pessoas capacitadas para atuar na área (71%) e de acesso às tecnologias necessárias (63%).

Com informações de Agência Brasil

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade