23.9 C
Vitória
quarta-feira, 19 junho, 2024

Espírito Santo registra o menor índice de homicídios no carnaval

De acordo com a Sesp, o número de homicídios no período de Carnaval é o menor registrado desde o ano de 2001


O índice de homicídios tem reduzido cada vez mais no período do carnaval no Espírito Santo. De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), não foi registrado nenhum homicídio em local de folia.

No período entre sexta-feira (1º) às 18 horas até 06 horas desta quarta-feira (06), foram contabilizados 15 homicídios em todo o Estado, uma redução de 31% em relação ao ano passado (quando foram registrados 22 homicídios no período de Carnaval). O número é o menor desde o ano de 2001.

- Continua após a publicidade -

A Sesp informou, ainda, que não foram registrados homicídios dolosos na sexta-feira (entre 18h e 23h59) e na segunda-feira (04). Os números estão abaixo da média histórica do período de Carnaval, quando são registrados cinco homicídios por dia.

Ocorrências

Segundo a Sesp, no sábado (02), foram contabilizadas três ocorrências (uma em Vitória, Conceição da Barra e Serra); no domingo (03), cinco (duas na Serra, uma em Colatina, Jaguaré e Vitória); na terça (05), cinco (duas em Vitória e Linhares, além de uma na Serra); e de 0h até 6h desta quarta, duas (uma em Linhares e outra em São Mateus).

Nos demais tipos de incidentes durante no período de folia, a Sesp registrou 278 ocorrências de furto/roubo de celular e 148 de furto/roubo a pessoa em via pública. No total, foram 124 ocorrências de furto/roubo a veículos e dez de furto/roubo de bicicletas em todo o Estado. A Secretaria registrou ainda 142 incidentes de utilização de som automotivo. Nove pessoas morreram em acidentes de trânsito no período.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA