Menina que recebeu Prêmio Nobel da Paz tem história contada em espetáculo

Foto: Divulgação

Sob a direção de Renato Carrera, adaptação de Rafael Souza-Ribeiro e canções originais de Adriana Calcanhotto, o espetáculo chega em vitória para dá continuidade a primeira edição do Diversão Em Cena ArcelorMittal

Malala foi uma menina paquistanesa que desejava estudar, mas foi retaliada por essa escolha. Sua brava história será contada no espetáculo “Malala – A menina que queria ir para escola”, que acontece neste sábado (04) e domingo (05), no Teatro Universitário da Ufes.

Sob a direção de Renato Carrera, adaptação de Rafael Souza-Ribeiro e canções originais de Adriana Calcanhotto, o espetáculo chega em vitória para dá continuidade a primeira edição do Diversão Em Cena Arcelormittal.

A peça narra a viagem da jornalista brasileira Adriana Carranca, autora da obra em que o roteiro foi baseado, ao Paquistão, dias depois do atentado dos talibãs à vida de Malala, por sua defesa do direito das meninas à educação, prática proibida para mulheres.

Malala foi retaliada pelo talibã aos 15 anos porque desejava estudar. – Foto: Divulgação

O enredo narra a história de Malala, baleada aos quinze anos de idade por membros do Talibã, em retaliação a sua luta. A menina é a mais jovem vencedora do Nobel da Paz.

A estreia nacional do espetáculo, no dia 12 de outubro de 2018, levou mais de 6 mil pessoas ao Sesc Ginástico no Rio de Janeiro. Além disso, a obra é premiada duplamente pela Fundação Nacional do Livro e Juvenil nas categorias “Melhor Livro Informativo” e “Escritora Revelação 2016”.

Malala – A menina que queria ir para escola
Data: 04 e 05 de maio (sábado e domingo)
Horários: Sessões as 16 horas
Local: Teatro Universitário da Ufes
Endereço: Avenida Fernando Ferrari, 514, Campus Universitário, Goiabeiras, Vitória.
Ingresso: R$ 20 (inteira) e R$ 10, 00 (meia)
Vendas: Bilheteria do Teatro (de 15 as 20h) ou no site tudus.com.br
Classificação: Livre
Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!