27.2 C
Vitória
sexta-feira, 23 abril, 2021

Março Amarelo: atividade física é uma aliada no tratamento da endometriose

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde a endometriose afeta 176 milhões de mulheres no mundo.

Aqui, no Brasil, são cerca de 7 milhões de pessoas, ou seja, em torno de 15% da população feminina do país. Assim, a campanha Março Amarelo serve para levar informação à sociedade.

O educador físico, especialista em fisiologia e prescrição do exercício Xande Mendes, explica que a atividade física pode ser uma aliada nessa etapa.

“A prática regular de exercício físico faz com que o corpo libere endorfinas com efeito vasodilatador e analgésico que afastam o stress, o que agrava os sintomas de endometriose.”

Segundo Mendes é importante escolher a modalidade que mais dê prazer. “Mas estudos apontam que o exercício aeróbico é o mais indicado. Ou seja, vale caminhar, pedalar, nadar, correr. A intensidade pode variar de acordo com a condição física de cada um e deve ser orientada por um profissional de educação física.”

O especialista lembra também que, além do exercício contribuir com o tratamento da doença, ele é capaz de ajudar no controle do peso. “Muitas mulheres usam hormônio para tratar a doença, a prática dos exercícios e uma alimentação balanceada são importantes durante esse processo. Esses bons hábitos contribuem também para que a mulher previna problemas futuros como doenças cardiovasculares, muito comuns na menopausa”, explica Mendes.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade