26.9 C
Vitória
domingo, 24 outubro, 2021

Mais 200 mil doses de vacina para o Espírito Santo

As doses chegaram neste sábado,18, e serão aplicadas para a população acima de 18 anos. Esse é o primeiro lote das 500 mil doses de coronavac

Por Priscilla Cerqueira

O Espírito Santo recebeu neste sábado, 18, mais de 200 mil doses de vacina contra a covid-19. Esse é o primeiro lote das 500 mil doses de coronavac, adquiridas pelo estado junto ao Instituto Butantan. A previsão é de que o restante das doses chegue ao Estado até o final da próxima semana.

As doses serão encaminhadas para as Regionais de Saúde até este domingo, 19, e a partir desta segunda-feira, 20, os municípios poderão iniciar o agendamento para vacinação. O imunizante será utilizado para dar celeridade à vacinação da população acima de 18 anos no Espírito Santo.

O valor total investido na aquisição dos imunizantes é de R$ 26,5 milhões, sendo esta mais uma ação do Governo do Estado para garantir a imunização de toda população contra a doença.

Espírito Santo é referência

O Espírito Santo é o primeiro Estado a comprar e receber vacinas contra a covid-19. “Esse é um dia de muito alegria para nós. Estamos adquirindo essas doses para que as vacinas possam chegar mais rápido à população. A cada dia que antecipamos a vacinação, a gente salva vidas. Cada vida salva não tem preço”, afirmou.

Em relação à vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades, o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, ressaltou que eles serão imunizados com as doses da vacina da Pfizer.

“Essas doses que compramos serão utilizadas para otimizar a vacinação dos adultos com mais de 18 anos. As doses que chegarem da Pfizer e Astrazeneca serão utilizadas para os idosos com segunda dose e antecipação da Astrazeneca. Avançando e sobrando doses, também utilizaremos a Pfizer nos adolescentes, já que os demais imunizantes não têm autorização no Brasil para serem utilizadas em crianças e adolescentes”, explicou.

Pontos de vacinação

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), serão abertos pontos de vacinação em locais de grande circulação de pessoas como terminais e aeroporto. O órgão define o método como “vacinação de oportunidade”, sem necessidade de agendamento.

Os pontos serão definidos na próxima semana e a quantidade depende da disponibilidade de doses das vacinas.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade