24.9 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

IPVV recupera quase 22 milhões em Compensação Previdenciária

Segundo o presidente do IPVV, Jorge Eloy, o valor superou a previsão

Por redação Next Editorial

O Instituto de Previdência de Vila Velha (IPVV) recuperou R$21.932.000,00 em Compensação Previdenciária. O valor é a somatória do período de maio a setembro de 2022. Segundo o presidente do IPVV, Jorge Eloy, o valor superou a previsão: “A expectativa era de recuperar até dezembro deste ano 20 milhões de reais. No entanto, o IPVV conseguiu recuperar quase 22 milhões”.

- Continua após a publicidade -

Esse montante foi transferido do INSS para o IPVV e o valor é referente ao tempo de contribuição dos servidores municipais antes de serem concursados. Quando o trabalhador passa no concurso municipal, ele deixa de contribuir para o INSS, para contribuir ao Regime Próprio de Previdência. No entanto, o valor referente ao tempo que esse servidor contribuiu ao INSS não é repassado automaticamente ao IPVV. Para isso, é necessário realizar um processo para solicitar o valor.

De acordo com Jorge Eloy, foi realizada uma força tarefa para a recuperação do valor: “Desde o ano de 2021, realizamos uma força tarefa para montarmos criteriosamente os processos de cada servidor. O trabalho foi intenso. Esse valor relevante é maior do que o IPVV recebeu nos últimos 20 anos”.

O valor recuperado vai aliviar o caixa da Prefeitura de Vila Velha. “Os servidores aposentados, que entraram antes de 2004, têm o valor repassado pela PMVV. A prefeitura repassa a quantia para o IPVV e nós realizamos o pagamento. Já aqueles que entraram depois, a aposentadoria é paga pelo do regime próprio de previdência. Os quase 22 milhões de reais recuperados vão ajudar no pagamento desses aposentados que entraram antes de 2004”.

O que é Compensação Previdenciária?

A Compensação Previdenciária (COMPREV) consiste no acerto financeiro entre o Regime Geral de Previdência (RGPS), representado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e os Regimes Próprios de Previdência dos Servidores (RPPS) da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, permitindo o equilíbrio de contas entre os Entes.
É a garantia de que os trabalhadores possam utilizar reciprocamente o tempo de contribuição em qualquer dos sistemas públicos e tem a finalidade de evitar que os regimes instituidores sejam prejudicados financeiramente por serem obrigados a aceitar, para efeito de concessão do benefício, o tempo de filiação a outro regime sem terem recebido as correspondentes contribuições.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA