Você conhece o programa 101 dias de inovação no setor público?

Os colaboradores do banco tem acesso a conteúdos web gratuitos por 101 dias (Fotografia - Divulgação)

Programa já está em vários estados propondo um modo de fazer diferente de servir o cidadão brasileiro

Melhorar a eficiência da máquina pública é um ação com várias forças. Dessa vez, a empresa WeGov, startup de Santa Catarina que atua para estimular a inovação no setor público, vai colaborar com o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) com o propósito de promover ações que fomentem a inovação interna.

A empresa esteve presente no banco em dezembro do último ano, para ministrar uma palestra sobre inovação aos colaboradores. Juntos novamente, em parceria, lançam o programa criado para apoiar a inovação no cotidiano de empresas públicas.

Com a implementação do Programa 101 Dias de Inovação, os colaboradores do banco terão acesso a conteúdos web gratuitos por 101 dias. São 40 vídeos, 21 textos, 21 podcasts, 26 resumos da semana, tudo baseado no modelo de competência de inovação, o método CRIE: Conceituar, Refletir, Implementar e Experimentar.

Dessa forma, o Bandes junta-se há vários outros órgãos com o mesmo objetivo e assessoria como a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina, Câmara dos Deputados, Conselho Nacional de Justiça, Controladoria-Geral da União, Escola de Governo do Rio Grande do Norte, Fundação Instituto de Educação de Barueri, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Infraero, Inmetro, Instituto Hospital de Base de Brasília, Laboratório de Inovação do Governo do Espírito Santo, Justiça Federal de Santa Catarina, Justiça Federal do Espírito Santo, Ministério Público de São Paulo, Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos do Espírito Santo, Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão e Patrimônio do Distrito Federal, Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas, Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, Senado Federal, Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo.

A WeGov adapta a metodologia, que é utilizada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), de maneira que atenda às especificidades da gestão do setor público.

A adesão à proposta é uma iniciativa que visa firmar uma gestão inovadora no banco “Acreditamos que o programa irá nos apoiar na capacitação dos colaboradores, sendo uma importante ação na busca pela promoção da inovação no Bandes”, explica o gerente Wagner Rangel.

Conteúdo Publicitário