24.4 C
Vitória
quarta-feira, 29 maio, 2024

Ilhas Itatiaia e Pacotes estão proibidas para o desembarque até outubro

Começou período de reprodução das aves. Ilha Pituã segue com acesso permitido

A partir da próxima segunda-feira (15), as ilhas Itatiaia e Pacotes, localizadas em Vila Velha, estarão interditadas para desembarque de pessoas. O motivo é o período de reprodução das andorinhas e as pardelas, que são espécies de aves marinhas ameaçadas de extinção. Segundo a Prefeitura de Vila Velha, turistas e moradores só poderão voltar a visitar as ilhas no dia 15 de outubro.

Mas os passeios pelo arquipélago no mar de Vila Velha seguem permitidos e com opção de visitação. Isso porque a Ilha Pituã segue podendo receber pessoas. Mais próxima da costa, ela possui uma vegetação exuberante, areia de conchas e uma vista panorâmica para a orla.

- Continua após a publicidade -

Os passeios são realizados junto às equipes de barqueiros devidamente capacitados. Os mais aventureiros podem ir nadando até o local, que fica a 300 metros da costa.

Cuidado com a natureza

A medida de intervenção nas ilhas Itatiaia e Pacotes atende a Resolução Consema Nº 011/2005, que visa proteger o ciclo reprodutivo dessas aves. Essas aves marinhas são particularmente vulneráveis aos distúrbios do clima e do ambiente, pois têm áreas de reprodução limitadas, concentrando um grande número de indivíduos em localidades específicas.

Enquanto as andorinhas-do-mar-de-bico-amarelo e as andorinhas-do-mar-do-bico-vermelho se reproduzem ao longo do litoral brasileiro, das ilhas costeiras do Espírito Santo até Santa Catarina, a população de pardelas-de-asa-larga nidifica exclusivamente nas Ilhas Itatiaia, e em algumas ilhotas em Fernando de Noronha. (Com informações da Prefeitura de Vila Velha)

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA