26.9 C
Vitória
sexta-feira, 5 março, 2021

IG do Café do Caparaó ganha reconhecimento oficial

O Café do Caparaó teve sua Indicação Geográfica (IG) oficialmente registrada, junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI)

A partir de agora, esse café possui seu registro na modalidade “Denominação de Origem” (DO), destacando a qualidade e notoriedade do café produzido no Caparaó. Esta é a primeira IG do Espírito Santo na modalidade Denominação de Origem.

O trabalho que culminou no registro foi estruturado pelo Sebrae/ES, em conjunto com diversos parceiros, como Incaper, Ifes, Caparaó Junior, Emater/MG, Embrapa, Ministério da Agricultura, Sicoob, prefeituras, entre outros, com consultoria do Instituto Inovates.

O processo de estruturação de uma DO demanda vários documentos técnicos/científicos, projetos e estudos para comprovar a vinculação do produto daquele território específico ao meio geográfico, ao chamado “terroir”, bem como a influência que os saberes, a cultura da região exerce sobre o produto final.

“A Indicação Geográfica demonstra todo o reconhecimento que o café do Caparaó merece. A região possui aspectos naturais e humanos que a diferenciam de outras e, assim, produz um café único e especial. Esse reconhecimento vai trazer diversos benefícios, não só para os produtores, da IG, como dos a ele, à região”, afirma o superintendente do Sebrae/ES, Pedro Rigo.

Entre os diversos benefícios da formalização do registro, além da valorização do produto e da região, há a promoção junto ao mercado internacional. O acordo Mercosul União Europeia, por exemplo, uma vez firmado, possibilitará o reconhecimento mútuo das IG das partes envolvidas, trazendo ganhos para as IG nacionais.

Para o produtor e presidente da APEC (Associação dos Produtores de Cafés Especiais do Caparaó), Jorge Araújo Santos, esse reconhecimento é um marco na cafeicultura da região e também para os produtores. “Nós temos um produto de qualidade, com ‘terroir’ diferente, que vai conquistar ainda mais o Brasil e o mundo, como já vem conquistando seu espaço e seu lugar. Esse é um ganho para todos nós, e vai contribuir para o crescimento da região. Desde 2014 trabalhamos para conquistar esse reconhecimento e chegou esse dia tão esperado. Estamos muitos felizes com essa conquista”, afirmou Jorge Araújo. A APEC é a representante dos produtores locais junto ao INPI e responsável pela gestão desta Identidade Geográfica.

A área geográfica da Denominação de Origem do Café do Caparaó envolve dez municípios do Espírito Santo e seis de Minas Gerais. Do lado do Espírito Santo temos Dores do Rio Preto; Divino de São Lourenço; Guaçuí; Alegre; Muniz Freire; Ibitirama; Iúna; Irupi; Ibatiba e São José do Calçado. Atravessando a fronteira mineira, temos: Espera Feliz; Caparaó; Alto Caparaó; Manhumirim; Alto Jequitibá; e Martins Soares.

O projeto para a Denominação de Origem do Café do Caparaó não é o único envolvendo os cafés capixabas. O Conilon ES e as Montanhas Capixabas também reivindicam o selo da Indicação Geográfica e avançam nas etapas exigidas para obter a certificação.

*Com informações da Agencia Sebrae

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Em documentário experimental, mulheres revelam desafios enfrentados na música

A produção audiovisual vai ao ar na próxima segunda, 8, "Dia Internacional Da Mulher"

MORENNA realiza exame do COVID para gravação de clipe

Cantora capixaba realiza exame do COVID em mais de 30 pessoas de sua equipe para poder realizar gravação de videoclipe Aposta da Warner Music como...

Crianças podem, sim, usar creme dental com flúor

É o que afirma Moysés Netto cirurgião dentista, professor universitário em odontopediatria e doutor em ciências da saúde

Condenado a 44 anos por estupro de criança em São Mateus

Caso ganhou repercussão nacional por causa de gravidez da vítima, que tinha 10 anos e é sobrinha do agressor.

Exposição Vix Estórias Capixabas é prorrogada até 04 de abril no MAES

Para grupos de visitantes espontâneos, de até cinco pessoas, não será necessário o agendamento prévio

Março Amarelo: atividade física é uma aliada no tratamento da endometriose

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde a endometriose afeta 176 milhões de mulheres no mundo.

ES Brasil Digital

ESBrasil-185
Continua após publicidade

Fique por dentro

Cesta básica fica mais barata em Vitória no mês de fevereiro

O levantamento do Dieese apontou que a queda foi uma das maiores registradas entre as capitais na última pesquisa.

CVM confirma investigação de ‘insider trading’ na Petrobras

Investidor desconhecido lucrou R$ 18 milhões em compra de papéis. A operação só faria sentido se ele tivesse informação privilegiada, o que é crime no Brasil desde 2001.

Produção de veículos recua 3,5% em fevereiro ante fevereiro/2020, diz Anfavea

Entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus, 197 mil veículos foram montados em fevereiro, o volume mais baixo dos últimos sete meses Por...

Ufes registra quarta cultivar de café conilon junto ao Mapa

O trabalho de pesquisa foi realizado em parceria com a UFRJ e resultou numa cultivar propícia para produção de café solúvel.

Vida Capixaba

Em documentário experimental, mulheres revelam desafios enfrentados na música

A produção audiovisual vai ao ar na próxima segunda, 8, "Dia Internacional Da Mulher"

MORENNA realiza exame do COVID para gravação de clipe

Cantora capixaba realiza exame do COVID em mais de 30 pessoas de sua equipe para poder realizar gravação de videoclipe Aposta da Warner Music como...

Crianças podem, sim, usar creme dental com flúor

É o que afirma Moysés Netto cirurgião dentista, professor universitário em odontopediatria e doutor em ciências da saúde

Condenado a 44 anos por estupro de criança em São Mateus

Caso ganhou repercussão nacional por causa de gravidez da vítima, que tinha 10 anos e é sobrinha do agressor.
Continua após publicidade