23 C
Vitória
sábado, 27 fevereiro, 2021

Hospital Materno Infantil: uma conquista da população da Serra

Obra muito aguardada pela população capixaba, o Hospital Materno Infantil está na reta final de obras e será inaugurado em breve

Instalada no bairro Colina de Laranjeiras, a unidade vai oferecer 176 leitos. A capacidade é de atender 8.700 gestantes por ano e realizar 725 partos por mês. Mulheres e crianças da Serra, de outros municípios capixabas e até de estados vizinhos, como Bahia, vão ser atendidos.

“É um orgulho saber que temos um hospital referência para que mães e bebês sejam atendidos com o que há de mais moderno, tanto em equipamentos quanto em atendimento humanizado”, destacou o prefeito Audifax Barcelos.

Serviços
A área do Hospital Materno Infantil é equivalente a dois campos e meio de futebol. O prédio de três pavimentos acomodará o setor de assistência materno-infantil e a área de serviços de apoio diagnóstico e terapêutico.

A Política do Parto Humanizado está garantida. O acompanhante vai estar perto da mãe e do bebê a todo o momento. A mulher, por sua vez, vai permanecer até a alta junto ao recém-nascido.

Exames de ultrassonografia e os testes do pezinho, da orelhinha e coraçãozinho serão oferecidos no novo hospital.

“É um orgulho saber que temos um hospital referência para que mães e bebês sejam atendidos com o que há de mais moderno” Audifax Barcelos, prefeito da Serra – Foto: Divulgação

Os recém-nascidos serão acompanhados para detectar precocemente possíveis intercorrências após a alta. O hospital contará com banco de leite e vai ofertar, ainda, todas as vacinas do bebê.

As instalações do Materno Infantil são modernas e prezam pela economia de energia e sustentabilidade. O prédio será todo automatizado, o que vai permitir controlar a temperatura da água e do ar-condicionado, por exemplo. A água da chuva será guardada para limpeza e para os jardins. A luz do sol vai ser captada para aquecer a água.

 

 


 

Castelândia | UPA para atendimento exclusivo a pacientes com covid-19 – Foto: Everton Nunes/Secom-PMS

Upa de Castelândia é exclusiva para atender pacientes com covid-19

A maior Unidade de Pronto Atendimento do Estado, a UPA de Castelândia, está atendendo exclusivamente pacientes com covid-19, com quadro moderado da doença, ou com suspeita do novo coronavírus.

A Prefeitura da Serra, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa), também disponibilizou mais leitos na unidade para esse atendimento durante o período de pandemia. São 22 novos leitos abertos por iniciativa municipal, sendo 17 de enfermaria e cinco de urgência, com disponibilização de respiradores.

“Todos os atendimentos que não sejam de síndrome gripal são realizados nas Upas de Carapina e Serra-Sede e nas unidades básicas e regionais. Dessa forma, toda a nossa capacidade instalada é para atendimento rápido a todos os pacientes, para classificação de risco, atendimento e definição do tipo de tratamento necessário”, destaca o secretário de Saúde da Serra, Alexandre Viana.

Serra é a cidade mais transparente do Brasil

Uma das maiores conquistas dessa gestão é o título de cidade mais transparente do Brasil, obtido em 2018 e mantido até hoje.

A pesquisa Escala Brasil Transparente (EBT), do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), mostrou que a prefeitura da Serra cumpre a Lei de Acesso à Informação e outras normas de transparência. Entre 691 municípios com mais de 50 mil habitantes, a Serra obteve a nota 9.95.

“Todos os atendimentos que não sejam de síndrome gripal são realizados nas Upas de Carapina e Serra-Sede e nas unidades básicas e regionais. Dessa forma, toda a nossa capacidade instalada é para atendimento rápido a todos os pacientes” – Alexandre Viana, secretário de Saúde da Serra – Foto: Jansen Lube/Secom-PMS

A Serra também é a cidade capixaba mais transparente nos gastos com covid-19.
Com nota 100, segundo a avaliação da ONG Transparência Capixaba, a Serra ficou em primeiro lugar no Ranking de Transparência no Combate à Covid-19, um importante instrumento de promoção do controle social.

A base é o guia de Recomendações para Transparência de Contratações Emergenciais em Resposta à covid-19, produzido de forma conjunta pela Transparência Internacional – Brasil e o Tribunal de Contas da União (TCU), que foi utilizado para avaliar os estados e suas capitais.


 

Circulação | A Avenida Talma Rodrigues Ribeiro será totalmente recuperada – Foto: Everton Nunes/Secom-PMS

Começam obras da megarrotatória na Serra

Sinal verde para a obra da maior rotatória da Serra, que vai agilizar a vida de 4 mil motoristas que circulam por hora na região de Parque Residencial Laranjeiras. A obra, cuja extensão é de 2,7 km, começou no último dia 3 de agosto.

O investimento é de cerca de R$ 40 milhões para construir três mergulhões na nova megarrotatória do Hospital Dório Silva, conhecida como Rotatória do Ó, além de três faixas em sentido único para veículos em geral e duas faixas de mão e contramão exclusivas para o transporte coletivo.

O projeto prevê, ainda, a construção de um estacionamento público, uma praça e uma pista de skate, na parte central da rotatória que, hoje, é um terreno vazio.

Para o prefeito da Serra, Audifax Barcelos, a construção da rotatória do Ó, além de ser realizada em um centro econômico de grande importância para o município, também terá influência em outras regiões, já que as avenidas ligadas à rotatória se conectam com as principais vias do município, além de afetar positivamente o trânsito que vem de Laranjeiras e que segue para o Civit II.

A obra vai desafogar o trânsito na região, agilizar a ligação entre os terminais de Laranjeiras e Jacaraípe e acabar com os estrangulamentos de trânsito que acontecem no local, principalmente nos períodos da manhã e da tarde.

Além de ter o resultado imediato de melhorar o trânsito no local, retirando ônibus e caminhões da rotatória, o projeto é a primeira etapa para a implantação do corredor exclusivo de ônibus na Serra.

Várias melhorias também serão realizadas para os pedestres por meio das obras. O projeto prevê calçada e ciclovia que vai da Avenida Eudes Scherrer até a Av. Talma Rodrigues Ribeiro, passando inclusive pelo entorno da Rotatória do Ó e pela Av. Copacabana, com extensão total de 4,1 km.

Megarrotatória do Ó – Foto: Divulgação

Neste momento, será realizada a primeira etapa de implantação da faixa exclusiva para transporte público coletivo.

No decorrer da intervenção, algumas vias serão interditadas parcial ou totalmente. Nesses casos, haverá sinalização para orientar os motoristas. Por hora, a construção não está interferindo no trânsito. O prazo de execução é de dois anos.

Detalhamento do projeto:
• Faixa exclusiva de ônibus terá extensão de 2,2 km, sendo 1,2 km do Terminal de Laranjeiras até a rotatória e 1 km da rotatória do Ó à rotatória em frente à empresa Viminas;

• A Av. Copacabana será duplicada, com inclusão de calçada e ciclovia no trecho entre a entrada de Morada de Laranjeiras e a rotatória, com extensão de 500 metros;

• A entrada da Eudes Scherrer para a rotatória terá cinco pistas, sendo duas exclusivas para transportes coletivos e três para tráfego regular;

• A saída para a Av. Talma Rodrigues Ribeiro terá quatro pistas, sendo duas exclusivas para transportes coletivos e duas para tráfego regular;

• A saída para as avenidas Copacabana e Paulo Pereira Gomes terá duas pistas e, ao final da obra, serão três pistas em cada sentido;

• Haverá, ainda, um estacionamento público, uma praça e uma pista de skate, na parte central da rotatória que, hoje, é um terreno vazio.

Rotatória de Maringá vai beneficiar 100 mil pessoas

A rotatória de Maringá vai mudar a vida de mais de 100 mil pessoas que circulam na região de Porto Canoa. A prefeitura está entregando, nos próximos dias, além da nova rotatória, ciclovias, calçadas e sinalização viária. Foram construídos e recuperados, aproximadamente, 5,7 km de vias.

Melhorias na área industrial da Serra

A prefeitura da Serra entrega neste ano uma nova Avenida Talma Rodrigues Ribeiro. Essa importante via, que interliga o polo industrial Civit II a diversos bairros, como Alterosas, Vila Nova de Colares, Feu Rosa e Portal de Jacaraípe, está sendo toda recuperada do desgaste do tempo.

As obras de urbanização, sinalização e recuperação de ciclovia, ao longo de 7,5 quilômetros, atendem cerca de 40 mil pessoas que passam pelo local e melhoram a circulação de 110 mil pessoas, que utilizam o transporte coletivo na região entre os terminais de Jacaraípe e Laranjeiras.

Bicanga e Balneário de Carapebus vão ter orla urbanizada
Moradores e turistas que visitarem as orlas de Bicanga e Balneário de Carapebus vão encontrar o local totalmente diferente de antes. O trecho que interliga as duas praias foi todo revitalizado.

A Avenida Beira-mar ganhou calçadão, ciclovia, pista de caminhada, além de sinalização, em uma extensão de cerca de 2,5 quilômetros. Os investimentos somam mais de
R$ 10 milhões e vão beneficiar mais de 15 mil moradores da região, além de turistas.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Imóveis para investir. Vale a pena financiar?

Nem sempre o investidor é aquela pessoa com dinheiro no banco para comprar um imóvel à vista.

Cidade Empreendedora: região Sul e Serrana capixaba começam a aderir

Realizado pelo Sebrae/ES e pela Aderes, o programa visa melhorar o ambiente de negócios das cidades

Novos horários de funcionamento de bares, shoppings e academias

Municípios classificados de 'Risco Baixo' para transmissão do coronavírus - como Vitória e Serra - comemoram a volta do horário normal de funcionametno do...

Mais de 150 propostas para a Serra. Entenda!

Segundo a Secretaria de Planejamento Estratégico (Seplae), até a última terça-feira (28), foram recebidas 154 propostas. A audiência estará disponível até o dia 14 de agosto.

Mais recursos para atendimento a pessoas em situação de rua

De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), a verba será doada pelo governo estadual, que repassará R$ 376,2 mil para a realização de ações em três meses.

Cachoeiro de Itapemirim comemora aniversário; Mas não terá festa

Neste ano, o município investiu em outras formas de comemoração, como atividades pedagógicas on-line e lives.

ES Brasil Digital

ESBrasil-185
Continua após publicidade

Fique por dentro

Desemprego em 2020 é o maior registrado desde 2012 no Brasil

Informações do IBGE mostram que taxa de desocupação média no ano passado representa 13,4 milhões de pessoas sem trabalho.

Banco Central aprova indicação de novo presidente do Bandes

Munir Abud assume o Bandes com o objetivo de ampliar e atualizar os produtos e serviços oferecidos para as empresas de todos os portes do Espírito Santo

Caixa lança cartão Elo Diners Club com benefícios e pontuação

  A empresa oferece isenção na primeira anuidade para os clientes que contratarem o serviço nos três primeiros meses do lançamento Por Luísa Laval (AE) A Caixa...

Lira diz que PEC não é salvo-conduto para parlamentares cometerem crimes

O Congresso erra quando não se posiciona e não esclarece os fatos Por Thiago Faria, Elizabeth Lopes e Sofia Aguiar (AE) O presidente da Câmara dos...

Vida Capixaba

Setor Multimídia da Biblioteca Pública do Espírito Santo oferece cursos gratuitos

As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 25 de março

Expo Condomínio Completo apresenta protocolos sanitários e de biossegurança

Desde novembro de 2020, grandes eventos já vêm acontecendo no Espírito Santo

COVID-19: Quais as consequências para quem optar por não tomar a vacina?

Desde que foi anunciado o início da vacinação contra a COVID-19, capixabas passaram a se dividir em dois grupos. Os que querem e os que não querem

Cooabriel participa de reunião com OCB, Mapa e Banco Central

A Cooabriel participou, com mais duas cooperativas capixabas do Ramo Agropecuário, de uma reunião no dia 18 de fevereiro com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos
Continua após publicidade