31.4 C
Vitória
quarta-feira, 24 fevereiro, 2021

Grande explosão causa pânico em Beirute

Grande explosão na região portuária de Beirute, nesta terça-feira (4)  causou abalos em toda a capital do país. Ainda não há informações oficiais sobre mortes e feridos

Por Leticia Vieira

De acordo com as primeiras informações da Agencia Brasil, uma enorme explosão perto do centro de Beirute matou quase 10 pessoas, hoje (4), e causou ondas de choque pela capital libanesa, quebrando vidros nas casas das pessoas e causando o colapso de sacadas, segundo testemunhas e fontes da área de segurança. Outros veículos já falam de mais de 50 mortos e mais de 2500 feridos. As informações estão sendo atualizadas a todo momento.

O ministro da Saúde do Líbano, Hamad Hasssan, disse que mais de 25 pessoas morreram e mais de 2,5 mil ficaram feridas.Em declarações transmitidas pelas emissoras de TV, Hassan inicialmente disse que mais de 30 pessoas haviam sido mortas e mais de 3 mil feridas. O chefe da Cruz Vermelha libanesa disse que o número de feridos ultrapassa os 2.200, disseram emissoras de TV locais mais cedo.

A explosão ocorreu na região portuária de Beirute, onde existem armazéns que abrigam explosivos, disse a agência de notícias estatal libanesa NNA e duas fontes da área de segurança. Uma terceira fonte de segurança disse que havia produtos químicos armazenados no local da explosão.

Informações atualizadas apresentam mais de 100 mortos e mais de 4mil feridos.

Imagens compartilhadas nas redes sociais por moradores mostravam uma coluna de fumaça sobre a região portuária no momento em que ocorre uma enorme explosão. Aqueles que estavam gravando o que parecia ser um grande incêndio foram lançados para trás pelo impacto da explosão.

Não estava claro de imediato o que causou o incêndio que provocou a explosão ou que tipo de explosivos estavam nos armazéns.

O governador do porto de Beirute disse à Sky News que uma equipe dos bombeiros no local havia “desaparecido” após a explosão.

“Vi uma bola de fogo e fumaça subindo sobre Beirute. Pessoas estavam gritando e correndo, sangrando. Sacadas foram arrancadas de edifícios. O vidro dos prédios se partiu e caiu nas ruas”, disse uma testemunha da Reuters.

O ministro da Saúde do Líbano disse à Reuters disse que havia um “número muito alto” de feridos. A emissora de televisão Al Mayadeen disse que centenas de pessoas ficaram feridas.

Outra testemunha da Reuters disse que viu uma fumaça cinza pesada perto da área do porto e depois ouviu uma explosão e viu chamas de fogo e fumaça preta: “Todas as janelas do centro da cidade estão quebradas e há feridos andando por aí. É um caos total.”

O porta-voz da ONU Farhan Haq disse a repórteres que não ficou claro imediatamente qual era a causa da explosão e que não havia indicação de feridos entre os funcionários da ONU na cidade.

“Não temos informações sobre o que aconteceu com precisão, o que causou isso, seja um ato acidental ou causado pelo homem”, disse.

O Pentágono disse: “Estamos cientes da explosão e estamos preocupados com a potencial perda de vidas devido a uma explosão tão grande”.

No Chipre, uma ilha situada a oeste do Líbano, moradores relataram duas grandes explosões em rápida sucessão. Um morador da capital Nicósia disse que sua casa tremeu.

Confira abaixo videos do momento da explosão

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Fed ainda vê folga no mercado de trabalho dos EUA e longo caminho de recuperação

Serão necessários investimentos dos setores privado e público para melhorar os fatores de produção no país EUA Por Ricardo Leopoldo (AE) O presidente do Federal Reserve...

Gabinete de deputada federal é desinfetado após assessor contrair covid-19

Segundo uma servidora do gabinete, que não quis se identificar, a medida foi tomada para evitar um possível espalhamento do vírus Por André Shalders (AE) O...

Confiança da construção cai 0,5 ponto em fevereiro, revela FGV

O índice havia recuado 1,4 ponto. Considerando as médias móveis trimestrais, houve recuo de 0,6 ponto em fevereiro.

Brumadinho/Vale: Marco Aurélio nega pedido de partidos

Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido apresentado por movimentos de apoio aos atingidos por rompimento de barragens Por Paulo Roberto Netto (AE) O ministro Marco Aurélio...

INSS suspende obrigação de prova de vida por mais 2 meses e amplia prova digital

O governo também anunciou nesta terça a expansão do uso da prova de vida por biometria facial

Abiquim: balança comercial registra déficit de US$ 2,6 bilhões em janeiro

Segundo a entidade, os dados sinalizam que 2021 será um ano particularmente crítico para o setor e em que a agenda de competitividade terá...

ES Brasil Digital

ESBrasil-185
Continua após publicidade

Fique por dentro

Fed ainda vê folga no mercado de trabalho dos EUA e longo caminho de recuperação

Serão necessários investimentos dos setores privado e público para melhorar os fatores de produção no país EUA Por Ricardo Leopoldo (AE) O presidente do Federal Reserve...

Confiança da construção cai 0,5 ponto em fevereiro, revela FGV

O índice havia recuado 1,4 ponto. Considerando as médias móveis trimestrais, houve recuo de 0,6 ponto em fevereiro.

Brumadinho/Vale: Marco Aurélio nega pedido de partidos

Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido apresentado por movimentos de apoio aos atingidos por rompimento de barragens Por Paulo Roberto Netto (AE) O ministro Marco Aurélio...

Bolsonaro diz que há muita coisa errada na Petrobras e que Silva e Luna arrumará

O chefe do Executivo afirmou que o "novo presidente", o seu indicado para a presidência da empresa, general Joaquim Silva e Luna, irá dar...

Vida Capixaba

Os pães internacionais queridinhos dos capixabas

Do pão sírio a baguete, do pão francês ao croissant, está na moda se deliciar com receitas de pães internacionais

Projeto colorido e no estilo montessoriano abriga todos os sonhos de criança

Um projeto de dormitório de criança necessita de uma estrutura adequada para acompanhar todas as suas fases

Campanha Fiscal Consumidor também beneficia o interior do Estado

A medida favorece quem encontrar produto vencido nas prateleiras dos supermercados participantes

Programa Brasil Mais para reduzir custos e aumentar a produtividade das indústrias capixabas

No Espírito Santo, a meta é atender 2.100 empresas, prioritariamente do setor de comércio e serviço, até outubro de 2022 A competitividade da indústria passa...
Continua após publicidade