23.3 C
Vitória
sábado, 20 abril, 2024

Governo encaminha proposta de regionalizar prêmio da educação

Projeto enviado pelo Executivo traz mudanças no prêmio concedido a profissionais da educação

Por Redação

O governo do Espírito Santo encaminhou para a Assembleia Legislativa (Ales) o Projeto de Lei (PL) que reformula o “Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação”, concedido pela administração estadual aos profissionais da educação. O programa, que acontece desde 2007, tem o objetivo de valorizar o trabalho dos profissionais da educação que se destacam como autores de práticas escolares que resultam na melhoria da qualidade do ensino.

- Continua após a publicidade -

A nova proposta do Executivo prevê que o prêmio, atualmente concedido apenas em âmbito estadual, passe a ser também regionalizado, sendo distribuído nas 11 superintendências regionais de Educação.

Na nova regulamentação, está prevista a concessão de premiação em dinheiro aos profissionais, variando de R$ 11 mil (1º lugar) a R$ 1,4 mil (11º lugar), nas duas categorias. A premiação em dinheiro substituiria os atuais notebooks e projetores multimídia ofertados. 

A premiação em dinheiro não será incorporada à remuneração dos contemplados, além de não integrar os vencimentos para efeito de concessão de vantagens pessoais e fixação de benefícios previdenciários.

Na justificativa do projeto, o governador Renato Casagrande (PSB) aponta que, desde a 1ª edição até a 15ª, houve um avanço significativo na realização do prêmio, tanto do ponto de vista das categorias, quanto da própria premiação.

“Para motivarmos os profissionais da rede a continuarem o desenvolvimento de projetos e trabalhos de excelência, propomos uma premiação também em nível regional, uma mudança importante no prêmio, que na sua trajetória contemplou os profissionais apenas em nível estadual. Consideramos que essa alteração irá contribuir ainda mais no sentido do prêmio: a valorização dos profissionais de educação do Estado do Espírito Santo”, explica o governador.

Conforme o texto, o secretário da Educação, Vitor de Angelo, regulamentará a concessão do prêmio a que se refere a lei, fazendo constar os critérios para inscrição, avaliação e reconhecimento dos candidatos, dentre outras obrigações.

O prêmio

O intuito do “Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação” é valorizar as iniciativas de sucesso realizadas por professores, pedagogos, coordenadores pedagógicos, de turno, administrativos, de secretaria, financeiros e diretores de escolas públicas estaduais. Sendo ações voltadas para a melhoria do desempenho das unidades escolares em termos de rendimento escolar, aprendizado, frequência e formação cidadã dos estudantes.

O projeto é uma ação anual da Secretaria de Estado da Educação, que visa reconhecer, divulgar e disseminar os resultados de práticas educacionais desenvolvidas no ambiente escolar que contribuem para a melhoria da qualidade do processo de aprendizagem.

Informações da Sedu apontam que a iniciativa é a maior premiação voltada exclusivamente à educação no Espírito Santo, que dá visibilidade ao talento que há dentro das escolas, sinalizando a capacidade, já demonstrada na rede pública estadual, em inovar para busca de uma educação de qualidade que contribui para toda a sociedade capixaba.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA