28.9 C
Vitória
segunda-feira, 24 junho, 2024

Governo aumenta o teto de isenção de Imposto de Renda

Valor passou a ser de dois salários mínimos, no segundo aumento do Governo Lula

Por Gustavo Costa

O governo federal elevou, nesta terça-feira (6), a faixa de isenção do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). O teto de isenção, que estava congelado em R$ 1.903,98 desde 2015, subiu em maio de 2023 para R$ 2.640,00 e agora vai para R$ 2.824,00, no segundo aumento apenas no governo do presidente Luis Inácio Lula da Silva.

- Continua após a publicidade -

O efeito para a população com a tabela do Imposto de Renda ficar tanto tempo sem atualização é a perda do poder de compra dos contribuintes. Essa foi a análise do advogado tributarista e empresarial Weverton Rodrigues. Segundo ele, com a falta de ajustes na faixa de isenção ao longo dos anos, mais pessoas acabam sendo enquadradas na obrigatoriedade de pagar o imposto, mesmo com salários mais baixos. “Isso significa que a parcela da renda destinada ao pagamento de impostos aumenta, reduzindo assim a disponibilidade de recursos para o cidadão cumprir suas despesas e realizar investimentos”, falou.

Outras faixas de renda para cobrança do imposto permanecem as mesmas. Com isso, quem ganha acima de R$ 4.664,68 mensais continua tendo descontados 27,5% sobre esse valor de IR.

Isso pode criar, na cabeça de muitos brasileiros, a ideia de que, com essa taxa de IR, pode nem compensar aceitar um trabalho que pague um pouco mais. “É verdade que a alta taxa de imposto de renda e as faixas de cobrança podem desencorajar algumas pessoas a aceitarem trabalhos que pagam um pouco mais. Isso ocorre porque, ao subir de faixa de renda, o contribuinte pode ficar sujeito a uma alíquota de imposto mais alta, o que pode anular ou até mesmo diminuir o benefício financeiro de receber uma remuneração mais elevada”, falou Rodrigues.

Além disso, ele lembrou que a preocupação de ser pego na malha fina em uma fiscalização e a necessidade de recolher um valor significativo em impostos também podem influenciar a decisão de aceitar ou não um novo desafio profissional.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA