22.1 C
Vitória
sábado, 25 maio, 2024

Fórmula 1 define calendário de 2025 com várias mudanças

A maior novidade para 2025 é o retorno da Austrália como a primeira etapa da temporada. Melbourne não sediava a abertura desde 2019

A festiva temporada 2025 da Fórmula 1, que marcará o 75º aniversário do campeonato, terá novidades em seu calendário. O Mundial voltará a ser aberto pelo GP da Austrália, com ajustes para as primeiras etapas do Oriente Médio em razão do Ramadã. A programação prevê repetir o recorde de 24 corridas, com o GP de São Paulo mantido em novembro.

A maior novidade para 2025 é o retorno da Austrália como a primeira etapa da temporada. Melbourne não sediava a abertura do campeonato desde 2019. Desde então, com exceção da tumultuada temporada 2020, reduzida em razão da pandemia, a F-1 vinha abrindo o calendário pelo GP do Bahrein, país que também vem recebendo os testes da pré-temporada.

- Continua após a publicidade -

Bahrein abriu os últimos quatro campeonatos, incluindo o atual. Em 2025, esta será a quarta etapa da competição. E será seguida pelo GP da Arábia Saudita. Ambas as corridas estão agendadas para o mês de abril. A mudança se deve ao Ramadã, época especial do ano para países onde a maioria da população é muçulmana, com jejum e outras restrições. Em 2025, este período se estenderá até o fim de março.

Na atual temporada, a organização da F-1 precisou fazer ajustes incomuns em sua programação justamente por causa do Ramadã. Assim, as duas primeiras corridas do ano foram disputadas num sábado, e não no tradicional domingo. O mês sagrado para os muçulmanos começou no dia 10 de março, que seria o domingo do GP saudita.

A corrida, então, foi antecipada para sábado, o que acabou afetando a etapa anterior, no Bahrein. Pelas regras da F-1, há um intervalo mínimo de sete dias entre as provas. Por isso, a corrida no Bahrein também precisou ser antecipada para um sábado, dia 2 de março. O ajuste no calendário foi evitado para 2025 com a realização das duas provas em abril.

A programação para o próximo ano manteve o recorde de 24 provas, que será batido neste ano, e também a regionalização do calendário, concentrando etapas seguidas no mesmo continente. O GP de São Paulo foi mantido no mês de novembro, mais uma vez entre corridas nos Estados Unidos e no México.

A corrida no Autódromo de Interlagos está marcada para o dia 9, duas semanas depois do GP do México (26/10) e duas semanas antes do GP de Las Vegas (22/11). O GP dos Estados Unidos vai abrir esta série de provas nas Américas, em Austin, no dia 19 de outubro. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA