24.9 C
Vitória
sábado, 25 maio, 2024

Eugênio Ricas: “Modelo de governança tem que ser mantido”

Novo secretário de Segurança, Eugênio Ricas destacou sucesso de ações do Estado afirmou que vai dar continuidade a programas 

Por Robson Maia

Na tarde desta terça-feira (6), o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), apresentou, em coletiva de imprensa, o novo secretário de Segurança Pública, Eugênio Ricas. Ele assume a vaga deixada pelo coronel Alexandre Ramalho, que informou que analisará projetos políticos para o futuro.

- Continua após a publicidade -

Durante a coletiva, Casagrande mencionou o trabalho que vem sendo desenvolvido pela gestão ao longo dos últimos anos e os bons índices obtidos pelo Espírito Santo na segurança. Em 2023, o Estado encerrou o ano registrando o menor número de homicídios (978 homicídios) desde que o dado começou a ser contabilizado, em 1996. O menor resultado até então havia sido registrado em 2019, quando foram contabilizados 987 casos.

Em 2024, o Espírito Santo manteve a série positiva. O Estado fechou o mês de janeiro com o menor número de assassinatos para o período, registrando 77 mortes violentas nos primeiros 31 dias do ano. A menor quantidade de casos para o mês havia sido em 2016, com 94 mortes.

“O objetivo é sempre reduzir a violência. Nosso desejo é reduzir cada vez mais o número de homicídios, alicerçados em ações, como aumento do efetivo policial, investimentos na tecnologia, melhoria salarial dos operadores da segurança, como já foi concedido”, destacou o gestor.

O novo secretário comentou sobre as ações positivas desenvolvidas pelo Governo do Estado e destacou durante sua fala a oportunidade recebida para atuar na Secretaria de Segurança Pública do Estado (Sesp).

“Sou muito grato pela confiança que me foi dada pelo governador, pois é uma honra poder contribuir com a segurança pública. O modelo de governança do Estado Presente é muito importante. Já tive a oportunidade de me reunir com a equipe, que não deixa a peteca cair. A segurança pública é sempre um desafio e me sinto muito motivado”, afirmou Eugênio Ricas.

Ricas comentou também a perspectiva de dar continuidade aos programas em curso pelos órgãos de inteligência e proteção estadual, como o Programa Estado Presente em Defesa da Vida. Ricas ressaltou também a utilização de tecnologias para o fortalecimento do trabalho dos profissionais da segurança.

“A missão dada foi esta: continuar reduzindo o número de homicídios. Sabemos que não é tarefa fácil, e a cada ano se torna mais difícil, pois o crime é um fenômeno complexo, principalmente por conta da ação das facções criminosas. Onde tem droga envolvida tem violência envolvida, tem armas envolvidas. É sempre muito complexo. Mas a missão é esta: continuar o bom trabalho que já vem sendo realizado pela equipe de segurança do Estado, por meio do Estado Presente”, afirmou o superintendente.

Durante a coletiva, Ricas comentou sobre os embates envolvendo as forças policiais do Espírito Santo e criminosos. O novo membro do Executivo capixaba prometeu rigor no combate à criminalidade.

“Espero que não haja confronto, espero sempre por um mundo pacífico, entretanto, é importante que nossos policiais estejam sempre bem armados e bem treinados. Se o bandido atirar, o policial vai reagir”, disse Eugênio Ricas.

Quem é Eugênio Ricas?

Eugênio Ricas já ocupou a função de secretário de Estado, ainda na gestão do ex-governador Paulo Hartung (Sem Partido). Contudo, ele exerceu a função na Secretaria de Controle e Transparência (Secont). O policial federal ganhou destaque como diretor de Investigação e Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal. Em 2021, Ricas assumiu a superintendência da PF no Espírito Santo.

Secretário Eugênio Ricas
Ricas assumirá Secretaria de Segurança após saída de Coronel Alexandre Ramalho – Foto por Fred Loureiro/Secom-ES

Ricas era um dos três nomes cotados para o cargo. Outro nome especulado para a pasta era o do policial civil José Darcy Arruda.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA