Cresce o número de mulheres que buscam por especialização

Foto: Divulgação

Segurança do Trabalho lidera a lista de cursos favoritos das capixabas, segundo o Senai

Atividades que antes eram predominantemente masculinas estão cada vez mais sendo ocupadas por mulheres. Dados da Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades) apontam que, nos últimos 20 anos, houve um aumento de 19,4% na participação feminina no mercado de trabalho.

A procura de cursos técnicos por mulheres também cresceu. Focados na formação prática e com duração média de um ano e meio, eles se apresentam como opção para quem deseja se inserir mais rapidamente no mercado de trabalho ou mudar a sua área de atuação.

De acordo com o Senai, que tem sido referência mundial na área, com um dos cinco maiores complexos de educação profissional do mundo e o maior da América Latina, no Espírito Santo, o curso mais buscado pelas mulheres foi o de Segurança do Trabalho.

O curso visa a preparar o profissional para eliminar riscos e proteger o funcionário de possíveis acidentes em empresas, construções e instalações industriais.

Outros cursos que atraem a atenção das mulheres capixabas são Desenvolvimento de Sistemas, Meio Ambiente e Mecânica. Conheça!

Conteúdo Publicitário