25.9 C
Vitória
segunda-feira, 16 maio, 2022

ES apresenta sinais de recuperação no turismo

Guarapari ainda é um dos destisnos mais procurados pelos turistas.

Setor hoteleiro vê aumento nas buscas por hospedagens, mesmo com incertezas em meio as restrições da Covid-19

Dezembro é sempre um mês muito aguardado por diversos setores da economia capixaba, mas o setor de turismo com certeza é o que mais tem expectativa. Após um ano difícil por causa da Covid-19 que afetou o país desde fevereiro, hotéis do Estado inteiro começam a receber turistas novamente.

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Espírito Santo (ABIH ES) afirma que o padrão de comportamento do turista mudou em meio à pandemia. As reservas a hotéis e pousadas, por exemplo, já não são feitas com tanta antecedência quanto antes da pandemia, o prazo que chegava há meses antes da viagem, hoje chega no máximo a sete dias!

Mesmo diante das incertezas e restrições que podem ser impostas pelo poder publico, a procura para o reveillon tem sido grande diz o presidente da ABIH-ES, André Gomidy. “A procura do Reveillon vem sendo intensa, mesmo com os fechamentos ainda não estando sendo efetivados. Ou seja, as pessoas estão pesquisando, tem a intenção de viajar mas ainda estão inseguras sobretudo quanto aos índices de contaminação e restrições do poder público quanto a pandemia. O mês de janeiro reflete em partes essa mesma perspectiva”.

Para impulsionar o Turismo

As companhias aéreas também foram igualmente afetadas pela pandemia de Covid, milhares de voos foram cancelados o que levou o setor a repensar as estratégias para garantir a manutenção das empresas.

Uma dessas estratégias foi criada pela Azul Linhas Aéreas, que com a flexibilização das restrições passou a oferecer voos diretos que ligam Belo Horizonte a Guarapari, uma das cidades mais procuradas pelos turistas no verão. A empresa adotou a mesma medida para os capixabas que desejam viajar para outras regiões do país como Recife e Bahia.

“Essa iniciativa pioneira e inovadora na aviação brasileira permitirá que muitas pessoas repensem em como otimizar ainda mais suas viagens a lazer para um fim de semana, feriado, férias e também para o travel office, aproveitando o home office em qualquer lugar. Sabemos que esses destinos são muito procurados pelas pessoas que querem curtir os dias de verão, por isso lançamos o ‘Verão Azul Conecta’, oferecendo voos de curta duração a partir de aeroportos de grande movimento. Só a Azul, com uma frota diversa, é capaz de resumir aquelas longas horas de estrada a alguns minutos a bordo dos confortáveis aviões da Azul Conecta”, destaca Daniel Bicudo, diretor de marketing da Azul.

Recentemente o Governo do Estado promoveu uma ação, onde participaram jornalistas e agentes de viagens de vários cantos do país, para a promoção do Estado como destino turístico.

O consultor editorial da Revista Qual Viagem, Claudio Oliva, que participou da ação e já conhecia parte do Espírito Santo disse estar surpreso com a infraestrutura do Estado. “O Aeroporto, as rodovias, a infraestrutura das praias e a beleza e a diversidade de atrativos nas montanhas capixabas realmente me impressionaram positivamente, assim como a gastronomia e a receptividade do povo”, comentou o jornalista. Ele garantiu que não só divulgará, mas também retornará com a família para conhecer ainda mais o Espírito Santo.

Perspectiva de recuperação

A recuperação do setor de turismo começa a dar sinais otimistas de crescimento após longos 8 meses de paralisação dos serviços de hospedagem e dos fechamentos de lugares turísticos.

Para o setor de hotelaria a recuperação acontecer de forma progressiva e lenta, a perspectiva é de que somente no verão de 2021/2022 a rede hoteleira volte aos índices normais de ocupação. Afirma Gomidy

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) mostrou que o Espirito Santo é um dos 10 Estado com a maior crescimento do turismo no país. Os dados mostram que as atividades turísticas no País registraram aumento pelo quinto mês consecutivo, apontando o reaquecimento do setor. O índice cresceu 11,5% em setembro na comparação com agosto e os destaques vão para os serviços de transporte aéreo de passageiros (19,2%) e de alojamento e alimentação (9,1%). No acumulado, dos últimos cinco meses analisados, o setor já registra um ganho de 88,8%.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade