30.2 C
Vitória
quinta-feira, 2 abril, 2020

Empresas capixabas estreiam no mercado de exploração de petróleo

Leia Também

Bolsonaro sanciona lei da renda básica emergencial

Projeto de lei cria uma renda básica emergencial de R$ 600 aos trabalhadores informais, autônomos e sem renda fixa. Saiba mais!

Visite museus ao redor do mundo sem sair de casa!

Mas quem disse que você não pode ir a lugar algum? Você pode visitar os museus ao longo do mundo, e melhor: virtualmente!

ES registra 120 casos confirmados e 1 morte por coronavírus

Os casos confirmados do novo coronavírus subiram consideravelmente em 24 horas e uma morte foi registrada na manhã desta quinta-feira (02).

Número de casos de covid-19 chega a 6.836 e mortes somam 240

O índice de letalidade do coronavírus ficou em 3,5%. Os novos casos confirmados da doença somaram 1.119, um pouco menos do que o balanço de ontem.

Três companhias do Espírito Santo arremataram blocos no 14º leilão da ANP

O ano trouxe grandes – e boas – novidades para o Espírito Santo na área da exploração e produção de petróleo e gás. A mais significativa, talvez, tenha sido a aquisição, por três empresas do Estado, do direito de explorar oito campos petrolíferos em terras capixabas. Para estrear nessa atividade, Imetame, Vipetro e Bertek investiram um total de R$ 3,934 milhões, num certame em que foram arrematados 12 blocos no total e que traz a expectativa de novo impulso ao setor, beneficiando o avanço tecnológico e a geração de emprego e renda no Estado.

Os investimentos previstos, só na fase de exploração, giram em torno de R$ 130 milhões, além do bônus de aproximadamente R$ 110 milhões. “Foi positivo para o Brasil e mais positivo ainda para o Estado. Temos uma expectativa muito boa de aquecimento do setor a partir de agora”, avaliou o secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo.

petroleo
Fonte: ANP/SDP/Sigep

Outro bom acontecimento, também surpreendente, foi o aumento de 81% na arrecadação de royalties e participações especiais relativos ao petróleo – um reforço inesperado para os cofres do Estado nos últimos dois semestres, capaz de alavancar obras e melhorias sociais ao longo do ano. O primeiro semestre resultou em uma arrecadação de R$ 661 milhões, contra R$ 345 milhões no mesmo período de 2016. Contribuíram para esse resultado a recuperação dos preços do barril no mercado internacional conjugada ao aumento na produção capixaba de petróleo e gás. A Secretaria de Estado da Fazenda estimava fechar o ano com R$ 1,2 bilhão dessas receitas no caixa estadual.

Somente a Petrobras prevê investimentos no Espírito Santo de US$ 2,7 bilhões – ou R$ 7,7 bilhões – do montante de US$ 74,1 bilhões de seu Plano de Negócios e Gestão 2017-2021. A partir de 2018, novos poços nos campos de Baleia Azul e Cachalote devem começar a produzir, após serem interligados a plataformas já instaladas e em produção. Com a aquisição de três blocos offshore, no Regime de Partilha de Produção, a Petrobras aumentou sua área exploratória em 11,4 mil km². A produção no Espírito Santo em outubro foi de 419.414 barris de óleo equivalente por dia (boe/d), segundo a Agência Nacional do Petróleo – ANP, representando 14% da produção nacional de 3.348.265 boe/d.

No ano em que comemora seis décadas de atuação no Espírito Santo, a companhia retomou o crescimento e a competitividade com medidas variadas, entre as quais a reestruturação nas áreas operacionais de exploração e produção e de refino e gás natural,
o que vai gerar uma economia de R$ 35 milhões por ano. Em nove meses, o lucro líquido de R$ 5 bilhões da petrolífera foi suficiente para reverter o prejuízo de R$ 17,334 milhões registrado no mesmo período do ano anterior.

Reflexos da Lava Jato

No início de dezembro, o Ministério Público Federal devolveu à companhia R$ 653,9 bilhões recuperados este ano por meio de acordos de colaboração premiada e de leniência firmados pelo órgão com empresas e pessoas investigadas. Somada essa cifra ao que já foi recuperado em anos anteriores, a Petrobras foi ressarcida até agora em cerca de R$ 1,5 bi – o que representa 13% do total de R$ 10,8 bi previstos nos acordos fechados pela força-tarefa. Segundo declarou na ocasião o presidente da empresa, Pedro Parente, o dinheiro devolvido em 2017 representa quase 20% do que foi apontado no balanço como desvios investigados pela Lava Jato.

Eletricidade
Segundo o governo do Estado, estão previstas a implantação de 560 km de linhas de transmissão e a construção de quatro substações

Eletricidade

Outra questão positiva é a expectativa de investimentos em infraestrutura energética para os próximos anos. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento, está previsto R$ 1,6 bilhão de investimentos em infraestrutura energética para o Espírito Santo, que pode gerar mais de mil empregos diretos. São projetos para implantação de 560 quilômetros de linhas de transmissão de energia e construção de quatro subestações em Rio Novo do Sul, João Neiva e São Mateus. Além disso, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) tem a previsão de realizar, até o fim do ano, mais dois leilões de energia elétrica,
que terão projetos para o Espírito Santo.

A contratação dos serviços públicos foi efetivada pela Aneel durante leilão realizado em 26 de outubro de 2016. Os projetos devem entrar em operação entre os anos de 2019 e 2021. “Investir em energia significa melhorar a infraestrutura para as nossas atividades econômicas, aumentando a nossa possibilidade de atrair novos investimentos para o mercado capixaba, além de permitir a expansão das indústrias existentes”, afirmou Azevedo.

“A construção, ampliação e modernização de subestações e linhas de distribuição são fundamentais para suportar o aumento da demanda e até mesmo antecipar o crescimento econômico do Estado”
João Brito, diretor da EDP Espírito Santo

A maior concessionária de energia elétrica no Estado, a EDP Espírito Santo, está ampliando sua rede de distribuição. A empresa aplica cerca de R$ 300 milhões em melhorias este ano,
valor 90% superior ao registrado em 2015 e 27% maior que em 2016. O montante é destinado aos 70 municípios da área de concessão capixaba e permite um acréscimo de 229 MVA de potência instalada. Segundo a empresa, esse total corresponde à potência atual instalada do município de Vila Velha.

Cerca de R$ 160 milhões estão destinados à ampliação e construção de subestações e em obras e recapacitação de linhas de distribuição de alta tensão. Entre os empreendimentos, estão as novas subestações Guriri, em São Mateus, e Atílio Vivácqua. A ampliação acontece em 24 subestações, entre elas São Mateus, Linhares, Itapemirim, Lameirão, em Guarapari, e Fruteiras, em Cachoeiro de Itapemirim.

Os recursos serão utilizados ainda para a construção de 14 quilômetros de linhas de distribuição de alta tensão e para a recapacitação de outros 81 quilômetros que passam por diversos municípios do Estado, como as linhas Viana-Guarapari e João Neiva-Linhares. A medida aumenta a confiabilidade do sistema e reduz o número de eventuais interrupções de energia.

“A construção, ampliação e modernização de subestações e linhas de distribuição são fundamentais para suportar o aumento da demanda e até mesmo para antecipar o crescimento econômico do Estado, assegurando o atendimento ao mercado, reforçando a confiabilidade e a melhoria da qualidade do fornecimento de energia”, afirma João Brito, diretor da EDP Espírito Santo.


Leia mais
ANP leiloa três blocos na Terceira Rodada de Partilha do pré-sal
Publicidade

ES Brasil Digital

ES Brasil 174
Continua após publicidade

Fique por dentro

Como proteger os dispositivos e garantir uma navegação segura

No dia em que se comemora o Dia da Internet Segura, especialista em tecnologia dá dicas para evitar violações na rede ao utilizar o...

Ibovespa caminha para pior mês desde 1998

Na tarde de hoje (31), Ibovespa acumulava em março perda de cerca de 28%, que se mantida representará o pior desempenho mensal desde 1998.

Dicas gratuitas para superar a crise econômica da Covid-19

Evento trará estratégias e ações com os participantes para sobreviver à crise econômica e ter sucesso no pós-crise causada pela doença.

Negociação é o caminho para aluguel de pontos comerciais

A negociação com responsabilidade pressupõe real demonstração das consequências da crise e percepção recíproca para encontrar um ponto de equilíbrio das partes.

Vida Capixaba

Camerata Sesi apresenta a live: “Café com Maestro”

Com o tema “Os benefícios da música na educação musical”, o maestro Leonardo David convida a musicista Fabi Cruz para a live nesta quarta (01), às 17h

Livros disponibilizados gratuitamente. Confira como acessar!

A Amazon, em parceria com autores, liberou o acesso às obras mais clássicas da literatura. Basta fazer o download e lê-los onde quiser!

Sesi Cultura Online: Nano Vianna e André Prando

Para estrear as lives do Sesi Cultura online, dois ícones da música capixaba estarão se apresentando hoje. André Prando e Nano Vianna

Podcasts para empreendedores ouvirem durante o isolamento social

Uma das opções para o período de isolamento social é ouvir podcasts, formato que ganhou o gosto do brasileiro:em 2019. Veja as dicas!
Continua após publicidade